Deputado quer adicional de compensação para bombeiros mergulhadores paraenses

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa do Pará (Alepa), deputado Raimundo Santos, solicitou, por meio de Projeto de Indicação, um adicional de compensação orgânica para os profissionais do Corpo de Bombeiros Militares do Estado do Pará que desenvolvem atividades hiperbáricas. Esse adicional irá alcançar os profissionais que exercem essa atividade no Corpo de Bombeiros. 

De acordo com o deputado Raimundo Santos, “este projeto visa fazer justiça aos Bombeiros Militares que exercem uma das atividades mais insalubres do mundo: a de mergulhador. São aqueles que tem a missão constitucional de salvar - não somente pessoas que se afogam ou apagar incêndios - mas de fiscalizar os rios, embarcações naufragadas etc”, disse. Desse modo, mergulhando em profundidades que afetam a saúde humana, são submetidos a estresse que atinge mente e sistema nervoso.

O presidente da CCJ - que também é Ouvidor da Casa - espera que o governador do estado, Simão Jatene, possa acatar esse projeto, visto que o trabalho do Corpo de Bombeiros do Pará é heroico e salva vidas. 

Comentários