Deputado intermedia construção de escola em Augusto Corrêa

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) deverá construir uma nova escola ou reformar a Escola de Ensino Médio e Fundamental “Emiliano Picanço”, na Vila do Araí, no município de Augusto Corrêa. Nesta terça-feira (12/09), o deputado Fernando Coimbra (PSL) intermediou o diálogo entre Seduc e lideranças políticas e alunos de Itapixuna, para a reivindicação dessa obra.  

Os alunos e lideranças políticas do município foram encaminhados pelo deputado à Secretaria de Estado de Educação (Seduc), onde relataram a situação caótica por que passa a escola, que fica a 51 quilômetros da sede do município. O secretário de Obras da Seduc, José Ângelo, informou que a secretaria vai fazer, em breve, um levantamento da situação e definir se será construirá uma nova escola ou ampliará a “Emiliano Picanço”.   

Acompanhados pelo vereador Zeca do Araí e pelo ex-vereador Estrela, os alunos mostraram por fotos e relatos a situação da escola, que remanejou seus 262 alunos do ensino médio para um pequeno prédio da igreja Nossa Senhora de Nazaré, que não tem estrutura para as atividades escolares. “São apenas três salas para mais de duzentos alunos”, disse a estudante Samila de Paula. Segundo ela, “as aulas ocorrem dia sim e dia não”. Elton Christian, também estudante da escola, disse que o quadro de professores foi muito reduzido, pois não há como ter aula no prédio atual. “A secretaria e a copa são divididas por uma prateleira”, relatou.

A escola “Emiliana Picanço” é um anexo da escola sede “Professor Galvão”, que fica no centro do município de Augusto Corrêa. Há um ano, a direção da “Emiliano Picanço” alugou o prédio da igreja e remanejou os alunos do ensino médio para lá. Desde então as aulas não puderam mais ser ministradas de forma regular.

Comentários