Obras na Mário Covas já iniciam em novembro, 20 anos após a inauguração

O líder do Governo na Alepa, deputado Eliel Faustino, participou de dois importantes momentos que vão permitir a revitalização da rodovia Mário Covas: no dia 13 desse mês da assinatura da ordem de serviço para início das obras e no dia 1º da apresentação da empresa responsável pela reestruturação. As obras serão iniciadas ainda em novembro. Os serviços representarão uma ampla intervenção estrutural, típica em área urbana, 20 anos após a inauguração da via.

Importante via de escoamento da produção industrial da Região Metropolitana de Belém em direção ao Porto de Vila do Conde, a Rodovia Mário Covas possui função orgânica junto à população dos municípios de Belém e de Ananindeua e de todo o Pará."Foram vários pedidos pessoais ao Governo e inúmeras reuniões com os representantes da pasta. Agradeço ao governador Jatene que já entregou de presente a Independência e o prolongamento da João Paulo e agora antecipa os aniversários de Belém e Ananindeua e entrega a Mário Covas. Mas a grande vitória é do nosso povo, com o suor dos impostos. Estamos motivados por entregar esta obra. Mais uma vez o Pará dá um grande exemplo ao Brasil. Enquanto outros não pagam sequer a folha de pagamento, nós realizamos, construímos e tiramos do papel obras estratégicas para toda a população", afirmou o deputado Eliel Faustino.

A ETEC – Empresa Técnica de Engenharia e Comércio Ltda., que possui mais de 30 anos de experiência em execução de obras estaduais, venceu a Concorrência Pública nº. 26/2017, voltada à restauração da pavimentação, passeio, drenagem e sinalização da Rodovia Mário Covas, com extensão de 7,20 km, no trecho do entroncamento da BR-316 ao entroncamento da Rodovia Augusto Montenegro.

O secretário Kleber Menezes ressaltou que serão resolvidos problemas endêmicos da via por meio de intervenção estrutural de engenharia, com retirada de camadas de revestimento asfáltico que comprometem a drenagem e a nivelam ao passeio. Paulo Mariano, Diretor Técnico da Setran, informou que será realizado um trabalho de fresagem do revestimento asfáltico. “Depois de todas as intervenções teremos uma pista com 7,5 cm de asfalto, com revitalização do canteiro e das calçadas, além da sinalização completa da Rodovia”, garantiu Mariano.

O Governo do Estado investirá, aproximadamente, R$ 10 milhões na obra, com prazo de execução previsto para seis meses, que contará com pavimentação – incluindo regularização de subleito, capa de rolamento e correção de defeitos por fresagem descontínua –, serviços de drenagem e desobstrução de bueiro e canal, construção de calçada e canteiro central, sinalização horizontal e vertical.

*Com informações da Secomk/ Setran

Comentários