Região Carajás registra a maior concorrência no concurso da Susipe

A região Carajás, que abrange os municípios de Marabá e Parauapebas, é a que tem a maior concorrência do concurso da Superintendência do Sistema Penitenciário do Estado (Susipe) que será realizado neste domingo (18). São 97.95 candidatos por vaga. No total serão ofertadas 500 vagas para agentes prisionais em todo o Estado.

A prova para candidatos inscritos na região Carajás ocorrerá no município de Marabá. No total, 2.965 pessoas devem participar do certame, organizado pela Assessoria em Organização de Concursos Públicos (AOCP). 

Na manhã deste sábado (17), o dia foi de preparação nas escolas de todo o Estado que receberão os candidatos para a prova. Em Marabá, o superintendente da Susipe, coronel Rosinaldo Conceição, fez uma vistoria técnica com representantes da AOCP em um dos locais de prova e destacou todos os procedimentos que serão adotados para garantir a segurança nas 46 unidades prisionais do Pará.

"Reforçarmos a segurança nos Complexos Penitenciários de Marituba e Santa Izabel e nas unidades do interior do Estado, com apoio da COE (Companhia de Operações Especiais) e Rotam, e também estamos desde ontem com escala de plantão extraordinário em todas as unidades prisionais do Estado, para garantirmos que a rotina de visitas nos centros de detenção ocorra normalmente, já que muitos agentes temporários devem participar do concurso. Nas centrais de triagem da Região Metropolitana também teremos rondas ostensivas da PM. Nosso planejamento foi estrategicamente pensado para que todos os serviços sejam mantidos", garantiu o superintendente.

Durante treinamento na manhã deste sábado, 17, para chefes de sala e fiscais de prova, a coordenadora da AOCP da região Carajás, Samara Loureiro, destacou as principais orientações a quem irá trabalhar no concurso e também aos candidatos. "Esse treinamento ocorre em todas as escolas do Estado que realizarão o concurso. Estamos repassando todos os procedimentos do nosso manual de orientações que devem ser seguidos, além de informações com relação à vistoria dos banheiros e cuidados necessários com a abertura dos malotes de provas", destacou.

Já para os candidatos, a principal orientação é com relação ao celular. "No domingo passado tivemos quatro pessoas eliminadas porque o telefone tocou durante a prova, mesmo dentro do envelope lacrado. A nossa orientação é para que os candidatos não levem o celular, mas se realmente precisarem, que lembrem de desligar o aparelho pra não termos nenhum problema. Estejam também bem alimentados e levem água para se hidratar durante a prova. Lembrando que às 8h em ponto os portões fecham", ressaltou a coordenadora.

Mais de 11 mil pessoas participam do concurso da Susipe neste domingo. As provas serão realizadas em Belém, Altamira, Marabá, Castanhal, Itaituba e Santarém.

Comentários