Estado começa diálogo com entidades sindicais

Representantes de 20 entidades sindicais foram recebidos na tarde desta terça-feira (27), na Secretaria de Estado de Administração (Sead), para tratar sobre a data base dos servidores. A secretária de Administração Alice Viana – acompanhada de José Megale, chefe da Casa Civil, e Ruth Pina, secretária adjunta de Administração -, explicou aos sindicalistas que, apesar de a economia do País vir dando sinais de recuperação, é preciso prudência ao discutir medidas que aumentem os custos da gestão pública.

"Esperamos até o início de abril um levantamento da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefa) do comportamento de receita do mês de março, para uma análise cuidadosa da nossa capacidade no comprometimento de gastos. Hoje, nosso comprometimento de receita corrente líquida com pessoal é de 45,08%, muito perto do limite prudencial de gastos. Portanto, só temos como dar uma posição referente a reajuste após esse período", informou.

José Megale acrescentou que "podemos fazer as reuniões e discutir o reajuste dos servidores de forma linear mesmo no período eleitoral. Então, não há o que se preocupar em relação a prazos. Pedimos mais um tempo para essas análises e reuniremos para apresentar uma proposta".

Nova reunião com representantes das entidades sindicais ficou marcada para o próximo dia 10 de abril. Foi solicitada também uma reunião com gestores do Banco do Estado do Pará (Banpará) e da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), para tratar de questões específicas.

Comentários