Pro Paz Enem realiza aulões nos municípios de Abaetetuba, Breves e Soure

O Pro Paz Enem percorre os municípios paraenses ministrando aulas gratuitas. Neste sábado (28) foi realizado simultaneamente o “aulão” preparatório em Abaetetuba, Breves e Soure (Marajó). (Foto: ASCOM PRO PAZ)

Com o objetivo de revisar e dar outro olhar sobre as temáticas cobradas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Pro Paz Enem percorre os municípios paraenses ministrando aulas gratuitas. Neste sábado (28) foi realizado simultaneamente o “aulão” preparatório em Abaetetuba, Breves e Soure (Marajó).

“Realizar o ‘aulão’ em três municípios simultaneamente é um grande desafio para toda a equipe, mas ao mesmo tempo é gratificante saber que por meio do esforço coletivo, essa ação beneficia milhares de jovens em todo o Pará que pretendem ingressar na universidade pública", disse Raimundo Rodrigues, coordenador do Pro Paz Enem.

O auditório da Escola São Francisco, em Abaetetuba, ficou lotado com os 350 alunos das mais variadas idades. Eremita Teles dos Santos, 32 anos, mesmo com uma bebê de quatro meses no colo foi assistir à aula. Ela conta que a sua rotina é muito intensa, devido trabalhar o dia inteiro e ainda cuidar da filha, então, não sobra tempo e nem dinheiro para investir em um curso.

"Devido essa jornada exaustiva eu só estudo em casa. Esse é o momento de revisar os conteúdos do Enem, já que terminei há anos o ensino médio, não poderia perder esta oportunidade", disse a vestibulanda.

Questionada sobre passar o dia assistindo aula com a filha no colo, ela garantiu que o esforço foi recompensado. "Eu consegui revisar muito bem o assunto e, o melhor, com uma aula prática e dinâmica, com conhecimentos atuais. Prende a nossa atenção que nem vi o tempo passar", finalizou Eremita, que pretende cursar Matemática.

No arquipélago do Marajó, os professores da Seduc e do Enem se dividiram entre Breves e Soure para dar aula para cerca de 300 alunos no total. O auditório da Universidade Federal do Pará em Breves recebeu 150 alunos, dentre eles, Robson Campos e sua filha, que estão se apoiando e estudando juntos para o exame. "Minha filha e eu iremos fazer o Enem juntos, foi muito proveitosa a aula, deu para revisar bastante coisa", finalizou Robson.

Já o auditório Ernani Chaves da UFPA, em Soure, também recebeu 150 pré-vestibulandos para assistir ao aulão. Entre muitos vestibulandos na faixa etária de 17 anos havia alguns adultos. Cleber José Marinho, de 59 anos, dedicou a vida inteira para a formação e ingresso dos filhos nas universidades, muitas vezes deixando de lado seus próprios sonhos de cursar o ensino superior.

No Pro Paz Enem ele viu a possibilidade de ganhar um estímulo e recuperar o tempo perdido. "Agora com os filhos na faculdade, o incentivo da família, eu quero tentar Engenharia Civil. Está é uma grande oportunidade. Tudo o que vem para somar na questão da educação, para o município, é bem vindo. Sinto que o dinheiro que pago em impostos está voltando em políticas públicas para a educação", disse Cleber.

O Pro Paz Enem é uma realização do Governo do Estado do Pará, por meio da Fundação Pro Paz e até outubro estará realizando aulões preparatórios gratuitos, na capital e nos demais municípios paraenses.

Comentários