Força-tarefa da Prefeitura de Belém minimiza transtornos na avenida Augusto Montenegro

Desde o ano passado, uma equipe fixa de manutenção asfáltica atua diariamente na avenida Augusto Montenegro com serviços “tapa-buraco”. Por conta da intensidade das chuvas neste período do ano e do grande fluxo de veículos no trecho próximo à avenida Mario Covas, o desgaste no asfalto ocorre com maior rapidez. Por isso, nesta segunda-feira, 14, uma “força-tarefa” com várias equipes da Prefeitura de Belém executou, simultaneamente, a recuperação do pavimento asfáltico no trecho entre a rotatória do Conjunto Pedro Teixeira e o Conjunto Maguari, nos dois sentidos da via.

Os trabalhos da Prefeitura começaram logo cedo, com uma equipe da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) atuando na avenida Augusto Montenegro desde às 5h, da avenida Centenário, passando pela rodovia do Tapanã, até o colégio Paulista. Cerca de 20 agentes de trânsito foram distribuídos ao longo do perímetro de obras para prestar ordenamento.

De acordo com o diretor de trânsito da Semob, Marcos Chagas, um dos principais problemas registrados na avenida é o retorno irregular. No semáforo localizado próximo a saída da rodovia do Tapanã, sentido Entroncamento/Icoaraci, ocorre muita incidência de motoristas imprudentes que utilizam o espaço para realizar retorno, o que é proibido. “A área de retorno regular fica a poucos metros adiante, em frente a um supermercado, quem insistir em realizar esse tipo de manobra em local inadequado está assumindo o risco de causar acidentes, já que o fluxo de veículos que sai da rodovia do Tapanã é muito intenso”, alertou.

Além disso, uma via de acesso à avenida Mário Covas também foi liberada para trânsito, o que facilitou no escoamento de veículos.

De acordo com o titular da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), Claudio Mercês, o esforço para melhorar o fluxo de veículos no entorno das obras do BRT inclui, ainda, obras de recuperação do asfalto na rua Xingu, utilizada como rota alternativa no entorno da obra. “Optamos por atuar de forma concentrada e com diversas equipes ao mesmo tempo para garantir maior segurança e conforto aos motoristas que trafegam por estas vias”, garantiu o secretário. “Todos os dias, utilizamos mais de 125 toneladas de asfalto na recuperação das vias da cidade. Hoje, neste entorno da obra do BRT, destacamos aproximadamente 80 toneladas de asfalto para melhorar a condição das vias”, pontuou.

No trecho inicial da avenida Mário Covas, as obras de drenagem que compõe o projeto BRT estão quase concluídas. No perímetro que vai do Conjunto Pedro Teixeira até a entrada principal do Conjunto Satélite, os tubos de drenagem  foram instalados e a pavimentação deste trecho será executada pelo Governo do Estado, que realiza obra de saneamento na avenida. No trecho entre avenida Augusto Montenegro e Conjunto Pedro Teixeira, que ainda passa por obra de drenagem, a pavimentação será realizada pelo município, com prazo de conclusão até o final do mês de junho.

 

(Matéria produzida com a colaboração da Ascom Sesan)

Comentários