Parcerias e palestras destacam o turismo na Feira do Empreendedor

A Feira do Empreendedor 2018 ocorre entre os dias 16 e 19 de maio, no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia (Foto: Rodolfo Oliveira/Ag. Pará)

Uma das cadeias produtivas constantes do Plano de Desenvolvimento Pará 2030, o Turismo ganha espaço na Feira do Empreendedor 2018, que ocorre entre os dias 16 e 19 de maio, no Hangar – Centro de Convenções e Feiras da Amazônia. Além de participar como uma das expositoras no estande do Governo do Pará, a Secretaria de Estado de Turismo (Setur) estará em quatro eventos simultâneos durante a programação. A noite de abertura do Pavilhão de Exposições é na quarta-feira (16), às 19h.

Na manhã de sexta-feira (18), no Pavilhão dos Auditórios, serão realizadas duas programações distintas, das 8h30 às 18h: o Seminário Gestão de Destinos Turísticos Empreendedores e o Workshop de Gastronomia e Indicação Geográfica. Dentro do workshop será assinado o Protocolo de Intenções entre Setur e BioTec-Amazônia. O objetivo da parceria é viabilizar ações científica, educacional, turística e cultural, destinadas ao desenvolvimento de capacitação, pesquisa e extensão em áreas de interesse comum das duas instituições, e execução de projetos, estudos e pesquisas, notadamente nas áreas de gastronomia, nutrição, tecnologia de alimentos e ciências afins.

Às 17h, a Setur encerrará sua participação na Feira do Empreendedor com a cerimônia de premiação do Desafio InovaTur.

Destinos Turísticos – Ainda pela manhã, a abertura do Seminário Gestão de Destinos Turísticos Empreendedores será feita por representantes do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio a Micro e Pequenas Empresas) e Setur, seguida pelas apresentações “Turismo – Destino, Produto e Mercado”, pela coordenadora-geral de Produtos Turísticos do Ministério do Turismo, Carolina Fávero de Souza, e “Rota Turística – Estrada Real”, por Denise Nicolini, do Instituto Estrada Real (MG).

À tarde, o secretário-adjunto de Turismo, Joy Colares, falará sobre “A importância da formalização para empreendimentos turísticos”; a diretora da Setur, Fátima Gonçalves, apresentará o Programa de Regionalização do Turismo (PRT); o presidente do Conselho Municipal de Turismo (Comtur), de Mato Grosso do Sul, Cícero Ramos Peralta, vai abordar o “Modelo de Gestão do Conselho Municipal de Turismo de Bonito/MS – Um caso de sucesso”, e o presidente do Belém Convention and Visitors Bureau (BCVB), Cezar Coimbra, encerrará com o tema “Organização Institucional de Sucesso”.

Experiências - Um workshop trará a experiência e apresentações de profissionais de outros estados. Após a abertura, Mônica Cardoso, ex-secretária de Turismo de Tiradentes (MG), abordará “A gastronomia como vetor do desenvolvimento turístico de uma cidade: o case de Tiradentes”, enquanto o tema “Potencialidades da Indicação Geográfica, envolvendo a cadeia produtiva para o fomento do turismo rural e gastronômico” será apresentando por Anselmo Buss, consultor da empresa Inovates (ES). A programação terá ainda a palestra “Indicação Geográfica no Pará - Case Cacau de Tomé-Açu”, com Fabiano Andrade, analista do Sebrae/PA e representante da Associação Cultural de Tomé-Açu.

O professor Álvaro do Espírito Santo, da Universidade Federal do Pará (UFPA), coordenador do Fórum e diretor da Setur, ministrará a palestra “Importância da atuação do Fórum Técnico de Indicação Geográfica e Marcas Coletivas do Estado do Pará para o reconhecimento e consolidação das IGs”.

Na sequência, o talk show “Cases de Indicações Geográficas Nacionais” reunirá “A Preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro na sua Diversidade”, por Sylvio do Amaral Rocha Filho, presidente da Academia Brasileira de Gastronomia; “Erva-Mate de São Mateus do Paraná - Obtivemos a Indicação Geográfica e agora o que faremos?", por Ronaldo Toppel Filho, presidente da IG-Mathe, e “A banana da região de Corupá: impactos em meio aos produtores e comunidade (SC)”, com Eliane Müller, diretora-executiva da Asbanco (Associação dos Bananicultores de Corupá).

Premiação - Ainda no dia 18 (sexta-feira), a partir das 17h, serão conhecidas as propostas vencedoras do Desafio InovaTur, ação conjunta das secretarias de Estado de Turismo (Setur) e de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica (Sectet), em parceria com a Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Federal do Pará (Universitec) e o Parque de Ciência e Tecnologia (PCT) Guamá, que busca soluções inovadoras voltadas à promoção do Estado do Pará como destino turístico.

O Desafio foi aberto a estudantes, profissionais e demais interessados no desenvolvimento de soluções inovadoras que impulsionem a promoção dos produtos e regiões turísticas do Estado.

Foram recebidas 59 propostas e selecionadas 14 para a fase de capacitação. Onze atenderam às regras para apresentação no dia da premiação, quando as equipes vão expor suas propostas à Comissão Julgadora. Os três melhores projetos serão premiados com R$ 10 mil para o primeiro colocado; R$ 5 mil para o segundo e R$ 3 mil para o terceiro lugar. Os candidatos premiados ainda receberão três meses de hospedagem no Espaço de Coworking do PCT Guamá, com apoio e orientações para amadurecimento das propostas.

Comentários