Escolas recebem atividades sobre trânsito durante lançamento do projeto Trânsito para o Futuro

A primeira escola a receber a ação foi a Escola Municipal Amália Paumgartten, no bairro do Guamá. (Foto: Ascom Semob)

A Prefeitura de Belém, por meio da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (SeMOB), deu início na manhã desta terça-feira, 15, ao projeto “Trânsito Para o Futuro” que tem por objetivo trabalhar de forma mais profunda com alunos do ensino infantil o tema ‘trânsito’ através de atividades práticas e lúdicas, tendo como assuntos principais as regras de trânsito, noções de mobilidade e convivência cidadã no trânsito.

O projeto é uma evolução das atividades do Semob na Escola, cujo objetivo foi capacitar professores a trabalhar com noções de trânsito, preparar os alunos para reconhecer as regras de trânsito e também melhorar a mobilidade no entorno do ambiente escolar, além de transformar as crianças em multiplicadores da informação, influenciando nas decisões que seus pais ou responsáveis tomam no trânsito, como a de não deixar avançar o sinal vermelho, não parar em fila dupla, não manusear o telefone enquanto dirige, não dirigir sem cinto de segurança, etc.

Em sua fase de lançamento, o Trânsito Para o Futuro trabalhará inicialmente com quatro escolas, sendo duas públicas, da rede municipal de ensino, e duas particulares, que receberão as mesmas atividades e informações. São elas: Escola Municipal Amália Paumgartten, Escola Municipal Sílvio Nascimento, Colégio Universo e Colégio Equipe. “Dessa vez, a atuação da equipe de educação da Semob dentro do ambiente escolar será maior, além disso, planejamos que também haja interação entre as escolas públicas e particulares, para que cada criança possa entender a realidade da outra”, informou a chefe do setor de educação para o trânsito da Semob, Tatiane Pinheiro.

A primeira escola a receber a ação foi a Escola Municipal Amália Paumgartten, no bairro do Guamá. Para a professora do ensino especial, Wilma Leal, as atividades apresentadas pela equipe de arte educadores da SeMOB, foram muito interessantes. “As atividades foram bastante lúdicas, o que contribui para que as crianças consigam absorver a informação de forma mais rápida”, elogiou.

A estudante do 5º ano, Raissa de Jesus, também gostou bastante das palestras e atividades. Ela, que vai para a escola andando ou de bicicleta com o pai, disse que aprendeu bastante coisa durante a ação da Semob. “Entre as orientações que aprendi estão andar com cuidado nas ruas e olhar de um lado para o outro ao atravessa, disse.

O projeto Trânsito para o Futuro terá uma duração de maio a setembro de 2018, sendo que o lançamento faz parte da programação do Maio Amarelo da SeMOB e a culminância na Semana Nacional do Trânsito.

Comentários