Alepa e Funbosque realizam ação de educação ambiental aos servidores

(Foto: Divulgação)

A Assembleia Legislativa do Estado do Pará (Alepa), em parceria com a Fundação Centro de Referência em Educação Ambiental Escola Bosque “ Professor Eidorf Moreira” - Funbosque - realizou uma programação de educação ambiental alusiva ao Dias das Mães na manhã do dia 11 de maio. O Projeto Horta e Nutrição é um dos projetos existentes na instituição e ofereceu, aos servidores da Casa Legislativa, mudas de espécies frutíferas, de flores e ervas.

O objetivo do projeto é aprimorar o conhecimento por meio da educação ambiental, favorecendo a integração entre a teoria e prática pedagógica no cotidiano escolar e utilizando as atividades de cultivo de olerícolas como um recurso didático interdisciplinar numa ação pedagógica comprometida com a qualidade de ensino.

“Meu muito obrigada aos servidores do Poder Legislativo, às crianças que participaram deste projeto, que de forma prazerosa, demostraram seu carinho e prazer pelo projeto, e à Presidente da Fundação, Beatriz Padavoni, que de forma especial presentou aos presentes”, relatou a secretária Legislativa, Franssinete Florenzano.

A Fundação Centro de Referência em Educação Ambiental Escola Bosque “Professor Eidorfe Moreira”, foi criada pela Lei nº 7.747 de 02 de janeiro de 1995, que depois foi alterada pela Lei Delegada Nº 002 de 20 de novembro de 1995. Iniciou suas atividades no mês de agosto de 1995 em caráter experimental e foi inaugurada em 26 de abril de 1996 oficialmente.

A Escola Bosque atende alunos da Educação Infantil, Ensino Fundamental, EJA e o Ensino Médio Técnico Profissionalizante, tendo como eixo norteador da prática pedagógica a Educação Ambiental. Atua em diversas localidades, como a Ilha de Caratateua, em Outeiro, tendo como sede a Escola Bosque e Escola da Pesca. Ilha de Cotijuba, Ilha de Jutuba II, Ilha de Paquetá e Ilha Longa.

Em abril deste ano, a instituição comemorou 21 anos de existência, havendo assim uma programação especial, voltada aos alunos da comunidade local e focada a proteção ambiental. Cerca de 2 mil alunos estudam na Escola Bosque, abrangendo a sede, em Outeiro, ou nas sedes das Ilhas de Cotijuba, Jutuba e Paquetá. A escola Bosque, tem a missão de desenvolver a educação, pesquisa e extensão, socializando conhecimentos a fim de contribuir para a formação de indivíduos com visão sistêmica dos aspectos socioeconômico e ambientais. Sua Visão é tornar o centro educacional de excelência na formação integral de cidadãos conscientes de seu papel histórico-social e ambiental, com a perspectiva de oportunizar o desenvolvimento humano em nível local e global de modo sustentável, a partir da região insular de Belém.

*Com informações da Funbosque

Comentários