Etapas Carajás e Marajó definem delegações para a Estadual dos Jeps

As partidas finais da regional de Carajás dos Jogos Estudantis Paraenses (Jeps) foram realizadas no Ginásio Poliesportivo de Parauapebas (Foto: FERNANDO NOBRE/ASCOM SEDUC)

Emoção. Este foi o sentimento predominante nas partidas finais das regionais de Carajás e do Marajó dos Jogos Estudantis Paraenses (Jeps), realizadas neste sábado (26) e que definiram as equipes que estarão na etapa estadual.

No Ginásio Poliesportivo de Parauapebas, os municípios de Marabá, Parauapebas, Rondon do Pará, Jacundá e Bom Jesus do Tocantins foram as delegações campeãs e, em junho, vão participar da etapa Estadual, em Belém.

Nove municípios da região de Carajás participaram desta etapa. São eles: Jacundá, Bom Jesus do Tocantins, Marabá, São Geraldo do Araguaia, Pacajá, Rondon do Pará, Nova Ipixuna, Canaã dos Carajás e Parauapebas. Nesta regional, cerca de 700 atletas do masculino e feminino competiram nas modalidades basquete, handebol, futsal e vôlei, nas categorias "A", de 12 a 14 anos, e "B", de 15 a 17 anos.

Durante as partidas era possível ver a dedicação e concentração dos atletas. O resultado era motivo de choro. Para alguns as lágrimas eram de felicidade, já para outros, era de tristeza. Mas a torcida também esteve presente e fez uma bonita participação ao motivar os atletas em quadra.

"É a minha primeira experiência em Jeps e me sinto feliz de ganhar essa etapa e poder disputar a Estadual. Agradeço a Deus e aos meus colegas do time, porque sem eles, eu não conseguiria sozinho", contou eufórico o pivô Rafael Ribeiro, 16 anos. Vestindo a camisa nove do time de Rondon do Pará, o estudante do 1º ano na Escola Estadual Profª Maria da Glória Rodrigues Paixão marcou o gol decisivo da partida que consagrou o seu município como campeão de futsal masculino, na categoria "B".

Promovido pelo Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), os Jeps realizam, em 2018, a sua 60ª edição. Ao longo de seis décadas, a iniciativa propõe integrar a comunidade escolar das redes pública e privada; contribuir para a formação de cidadãos; disseminar a cultura da paz e descobrir talentos esportivos.

Desde 1994, a Seduc, por meio da Diretoria de Ensino (DEN) e Departamento Educacional de Atividades Físicas (Deaf), promove uma ampla mobilização para aumentar a participação dos estudantes não só da capital como do interior do Estado, oferecendo atividades atrativas e de qualidade, obtendo resultados expressivos.

Este é o caso de Rondon do Pará. O time de Handebol Feminino B do município já acumula dez títulos. Ao longo destes dez anos, teve a oportunidade de participar de nove edições da etapa Nacional. Em 2017, o time foi vice-campeão na competição. "As meninas jogam juntas há várias competições, mas aqui não somos os favoritos. O treinamento é intenso para cada jogo, pois temos vários adversários muito bem preparados", frisou o técnico do time de Rondon, Antônio Fernandes.

Segundo o assessor técnico dos Jeps regional Carajás, Lúcio Hackenhaar "as delegações do sul do Pará já têm tradição na participação nos jogos escolares. Suas equipes são fortes, possuem muitos títulos na etapa Estadual e todos os anos participam da competição Nacional. Este ano, a surpresa, ainda novato nos jogos, foi Bom Jesus do Tocantins, que teve ótimo desempenho nessa etapa", avaliou.

Uma contrapartida para o município, o Núcleo de Esporte e Lazer (NEL), que organiza os jogos, promoveu oficinas de capacitação voltadas para a classe escolar e esportiva. Técnicos, professores de Educação Física e atletas puderam receber instruções atualizadas sobre as modalidades Basquete, Voleibol, Futsal e Handebol. "Esta é a oportunidade que eles têm para se atualizar e reciclar sobre as novas regras oficiais, de acordo com as federações das modalidades", comentou a ministrante da oficina de Handebol, Liane Lago, árbitra há 27 anos.

Este ano, os Jeps vão selecionar os representantes para as etapas nacionais, que ocorrerão em Manaus (AM), de 19 a 23 de setembro, e Natal (RN), de 12 a 25 de novembro.

Marajó

Já na Etapa regional Marajó, em Portel, as disputas, que iniciaram na quarta-feira (23), destacaram as equipes que irão representar a região na Etapa Estadual dos Jogos, em Belém, de 19 a 24 de junho. No Marajó, os jogos reuniram 500 estudantes de 34 escolas estaduais e municipais de Breves, Cachoeira do Arari, Curralinho, Melgaço, Muaná, Ponta de Pedras, São Sebastião da Boa Vista e Portel. Foram disputadas competições nas modalidades de vôlei, basquete, handebol e futsal, masculino e feminino, nas categorias “A” (12 a 14 anos de idade) e “B” (15 a 17 anos).

Os estudantes demonstraram no esporte a dedicação semelhante ao empenho em sala de aula. Foi o caso, por exemplo, de Keully Soares, 16 anos. Ela gosta de futsal e faz o 8º ano na Escola Estadual Magalhães Barata. “Eu quero continuar jogando futsal, porque adoro esse esporte que eu pratico há quatro anos. Passei um tempo afastada porque tive filho, mas não deixei de jogar e nem de estudar. Quero ir adiante mais ainda”, declarou a jovem.

Os Jeps começaram em 2 de maio e prosseguem até junho. Já foram realizadas regionais de Vigia de Nazaré, Mãe do Rio, Igarapé Açu, Mocajuba, Portel e Parauapebas. A Etapa Metropolitana dos Jeps 2018, em Belém, começou no dia 19 de maio e segue até 17 de junho, com jogos nos finais de semana. De 19 a 24 de junho, Belém sediará a Etapa Estadual, que apontará os atletas que irão representar o Pará nos Jogos Nacionais da Juventude em Manaus (AM) e Natal (RN), respectivamente em setembro e em novembro.

As equipes/escolas vencedoras dos Jeps nas etapas Carajás e Marajó, classificadas para a Etapa Estadual são:

Etapa Carajás

Basquete
Feminino A - Escola Municipal Dom Pedro I (Rondon do Pará)
Feminino B - Escola Estadual Dr. Gaspar Viana (Marabá)
Masculino A - Escola Municipal Jozias Leão da Silva (Parauapebas)
Masculino B - Escola Estadual Rio Tocantins (Marabá)

Futsal
Feminino A - Escola Municipal Jean Piaget (Parauapebas)
Feminino B - Escola Estadual Profª Maria da Glória Rodrigues Paixão (Jacundá)
Masculino A - Escola Municipal Eduardo Angelim (Rondon do Pará)
Masculino B - Escola Estadual Dr. Dionísio Bentes de Carvalho (Rondon do Pará)

Handebol
Feminino A - Escola Municipal Adolfo Soares de Moraes (Rondon do Pará)
Feminino B - Escola Estadual Dr. Dionísio Bentes de Carvalho (Rondon do Pará)
Masculino A - Escola Municipal Fernando Pessoa (Parauapebas)
Masculino B - Escola Estadual Janelas para o Mundo (Parauapebas)

Voleibol
Feminino e Masculino A - Escola Municipal Raulino de Oliveira Pinto (Bom Jesus do Tocantins)
Feminino B - Escola Municipal Acy de Barros (Marabá)
Masculino B - Escola Estadual Maria Sylvia dos Santos (Bom Jesus do Tocantins)

Etapa Marajó

Basquete
Feminino e Masculino A: Dr. Abel Nunes de Figueiredo (Portel);
Feminino e Masculino B: Dalcídio Jurandir (Ponta de Pedras);

Futsal
Feminino A: Dr. Abel Nunes de Figueiredo (Portel);
Masculino A: EMEF Getúlio Vargas (Melgaço);
Feminino B: EMEF Profª Maria Câmara Paes (Breves);
Masculino B: Escola Municipal Bom Jesus (Breves)

Handebol
Feminino e Masculino A: Profª Odizia Corrêa Farias (Breves);
Feminino B: EMEF Maria Câmara Paes (Breves);
Masculino B: Presidente Tancredo de Almeida Neves (Melgaço)

Vôlei

Feminino e Masculino A: Dr. Abel Nunes de Figueiredo (Portel);
Feminino B: Paulino de Brito (Portel)
Masculino B: Deputado Nicias Ribeiro (Portel);

Colaboração: Eduardo Rocha

Comentários