Comunidade se une à Prefeitura para acabar com ponto irregular de lixo na Marambaia

O titular da Sesan, Claudio Mercês, ressalta que a parceria da comunidade tem proporcionado resultados expressivos no combate ao descarte irregular de lixo em vias e canais. (Foto: João Gomes / COMUS)

A presença constante do lixo incomoda quem mora próximo à rua da Mata com passagem Mirandinha, no bairro da Marambaia. “Não tem hora nem dia. Um vem e joga lixo ai na esquina. Outro vem e joga entulho em cima do lixo. Quando o caminhão da prefeitura vem coletar não tem como separar e acaba ficando uma lixarada pra ser retirada depois. E aí começa o problema”, reclama o comerciante Anderson Cavalcante, 38 anos, que trabalha com venda de frangos bem em frente ao local onde a comunidade se acostumou a descartar lixo e entulho, mesmo com a coleta regular realizada na porta da casa dos moradores.  

Para resolver o problema, nesta segunda-feira, 11, a Prefeitura de Belém através da Secretaria Municipal de Saneamento (Sesan), efetuou limpeza geral e aterramento. “Vamos continuar atuando nesta comunidade para fazer a recuperação do espaço e devolver um local agradável para convivência dos moradores. Mas todo esse esforço só terá resultado positivo com a participação efetiva de quem mora aqui próximo”, pontuou Marcus Carvalho, diretor da Sesan.

A batedora de açaí Sandra Duarte, 48, conta que vem gente de longe descartar ‘porcarias’ neste local que fica na entrada de um terreno recentemente invadido. “Mas, a partir de agora vamos reunir a comunidade para tomar conta deste espaço que é nosso. Temos que nos unir para garantir que a limpeza seja mantida e para que todos obedeçam aos dias e horários de coleta”, adianta.

Nas ruas da Mata, Coronel Maguela e passagens Nossa Senhora de Nazaré e União, a coleta do lixo domiciliar é realizada às terças, quintas e sábados, sempre durante à noite. “Somente com a manutenção da coleta regular e com o depósito do lixo na frente das residências nesses dias programados já será possível resolver o problema”, explica o diretor da Sesan.

A orientação dos moradores sobre os procedimentos de descarte do lixo está sendo realizada por equipe de educação ambiental da Sesan que, na manhã desta segunda-feira, visitou mais de 150 residências.

O titular da Sesan, Claudio Mercês, ressalta que a parceria da comunidade tem proporcionado resultados expressivos no combate ao descarte irregular de lixo em vias e canais. “Este é o caminho que estamos buscando  para unir forças com a comunidade e eliminar locais de descarte irregular em diversos bairros da cidade. Temos bons resultados alcançados no Conjunto Satélite, Canal Água Cristal e nos bairros da Cidade Velha, Benguí e Canudos onde o problema do lixo em local inadequado já começou a ser solucionado em diversos pontos", enumera o secretário.

Comentários