Ações preventivas nos principais balneários estimam veraneio de tranquilidade

Para garantir a tranquilidade, a frequência e o deslocamento seguro de quem pretende aproveitar o mês de julho em Outeiro, Mosqueiro, Marudá, Bragança e Salinópolis, a Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup) reuniu, na manhã desta terça-feira (12), gestores estaduais e empresários da área do entretenimento para traçar um plano de ações preventivas e através dele oferecer mais segurança a veranistas.

Para o secretário de Segurança Pública, Luiz Fernandes, o trabalho será integrado para que todas as equipes de atuação possam dar apoio aos municípios com maior concentração de veranistas. “Realizaremos um trabalho integrado e estaremos atentos 24 horas por dia para oferecer segurança à população”, garantiu o secretário.

A principal meta do sistema de segurança é evitar a circulação de crianças e adolescentes em eventos noturnos; a fiscalização intensiva no que se refere à legalização de licenças e alvarás de funcionamento e ainda a atenção para crimes contra o meio ambiente, sobretudo a circulação de veículos com equipamento sonoro fora dos padrões permitidos por lei.

Para reforçar a fiscalização, a Delegacia Especializada de Meio Ambiente (Dema) vai disponibilizar, em todos os fins de semana do veraneio, delegados, escrivães, investigadores e peritos com o decibelímetro para confirmar o crime ou não de poluição sonora. E poderá, inclusive, lavrar o auto necessário para responsabilizar o proprietário do estabelecimento se o crime de poluição sonora por confirmado.

Secretário adjunto de Gestão Operacional, o coronel André Cunha destacou que nenhum órgão do sistema de segurança ficará de fora das ações realizadas pelo Estado durante as férias escolares. “Vamos fazer um trabalho intenso para garantir a tranquilidade, a frequência e o deslocamento da população, para que a pessoa possa ir, se divertir e voltar em segurança. Para isso, teremos um grande aparato nesse veraneio”, garantiu.

Colaboração (texto): Yáskara Cavalcante (Ascom/Segup)

Comentários