Torneio de Futsal da Educação de Jovens e Adultos reúne 24 escolas da Prefeitura

Com a participação de 24 escolas da rede municipal de ensino, teve início nesta terça-feira, 12, o 4º Torneio de Futsal da Educação de Jovens e Adultos (EJA), promovido pela Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec). A abertura oficial e primeira competição do evento ocorreu no ginásio do Núcleo de Esporte e Lazer (NEL), no Umarizal.

As competições seguem até esta quinta-feira, 14, e envolvem cerca de 400 alunos. “O festival da EJA é de confraternização, é a promoção de uma cultura de paz. Essas pessoas, em muitos casos, se desdobram entre o trabalho e o estudo e mesmo assim participam intensamente de toda a programação. É uma lição que recebemos a cada edição, porque os jogos realmente são feitos com base no espírito esportivo. Esse momento é ímpar e é realizado graças ao apoio fundamental do nosso prefeito (Zenaldo Coutinho), que proporciona este momento a cada ano”, disse a coordenadora de educação física da Semec, Sônia Massoud.

Na abertura do torneio houve desfile de apresentação das escolas participantes, hasteamento de bandeiras e condução da tocha dos jogos. Houve ainda uma competição que elegeu a Rainha da EJA do ano de 2018.

A iniciativa ocorre anualmente e tem como propósito despertar nos alunos, com a prática esportiva, o sentimento de disciplina e segurança, a atenção e a importância de trabalho em equipe.

Também serve de incentivo àqueles que querem seguir o caminho do esporte, já que o torneio ajuda os jovens a demonstrarem suas habilidades, e ainda se torna uma ferramenta educacional por atraí-los para as salas de aula. “Quando bem aplicado, o esporte se torna um aliado do estudo. Com isso a rede municipal de ensino tem um resultado positivo, com alunos registrando melhor desenvolvimento na escola”, destacou Sônia.

Para a competição, as equipes foram distribuídas por gênero e faixa etária. Na primeira noite a disputa foi na categoria feminina. A turma das estudantes Jaqueline Castro e Gabrielly dos Santos, ambas de 15 anos, saiu vitoriosa.

“A disputa foi acirrada. Por 3x2 a gente conseguiu sair com a vitória e já garantimos vaga na final. É muito bom, porque o futsal é algo que eu gosto bastante”, disse Jaqueline.

“Fazer parte desse torneio é inspirador para a gente que pretende seguir adiante no esporte. A gente tem um gás a mais e incentivo dos professores, isso é motivador”, completou Gabrielly. As alunas cursam o 6º ano na Escola Municipal João Carlos Batista, localizada no bairro da Cabanagem.

Comentários