PM do Pará participa de reunião com o Raul Jungmann, em Brasília

O comandante da PM paraense representou os comandantes da região norte na reunião ocorrida na sede do ministério. (Foto: Ascom PMPA)

O comandante geral da Polícia Militar do Pará, coronel Hilton Benigno participou da reunião, em Brasília, com o ministro extraordinário de Segurança Pública, Raul Jungmann, juntamente com demais representantes regionais das Polícias Militares do restante do Brasil. O comandante da PM paraense representou os comandantes da região norte na reunião ocorrida na sede do ministério, na terça-feira (12).

Na ocasião, o ministro Jungmann, acompanhado de assessores, apresentou detalhes da implantação do Sistema Único de Segurança Pública (Susp), sancionado pelo presidente Michel Temer no dia 11 do mês passado. O Susp tem a estimativa de repasse no valor de R$ 800 milhões e os estados, municípios e Distrito Federal terão dois anos para elaborar e implantar os planos como forma de acesso aos recursos que devem ser repassados via recursos apurados pelas loterias.

“O encontro foi oportuno para esclarecer os passos do plano, o qual o ministro, com os seus assessores, detalhou e mostrou o funcionamento de implantação”, disse o coronel Benigno, que participa também, em Brasília, do Seminário Nacional de Segurança Pública nesta quarta (13) e na quinta-feira (14). “Pela primeira vez nós podemos falar em um federalismo compartilhado nessa área (segurança pública). Isso é importantíssimo porque nós vamos poder colocar juntos e pensar em segurança pública dentro de um programa decenal”, destacou Raul Jungmann.

As metas e diretrizes do Susp farão parte de um plano nacional, o qual tem previsão, de acordo com o Ministério da Segurança Pública, de ser apresentado até o final de 2018. As diretrizes do Susp passaram pela Câmara e Senado e preveem atuação conjunta de órgãos federais, estaduais e municipais.

Evento – Ocorre hoje e amanhã na Academia Nacional de Polícia, em Brasília, o Seminário Nacional de Segurança Pública intitulado “Nós fazemos a Segurança Pública”. O evento é promovido pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e durante os dois dias contará com palestras, debates, apresentações, montagem de grupos de trabalho e audiência pública. O presidente da República, Michel Temer e o ministro extraordinário de Segurança Pública, Raul Jungmann, estiveram à frente da audiência de abertura do seminário.

Comentários