Jean Bitar integra movimento mundial em favor da doação de sangue

A rotina do Hospital Jean Bitar (HJB) ganhou ares de solidariedade e sensibilização para incentivar a doação voluntária de sangue entre colaboradores e familiares usuários, em comemoração ao Dia Mundial do Doador de Sangue, nesta quinta-feira, 14, com realização de palestras nas áreas de atendimento, clínicas e setores do administrativo. Houve ainda distribuição de material educativo sobre o tema.

A aposentada Maria Madalena Rodrigues, 60, mãe do paciente Plínio Rodrigues, 30, compareceu ao hospital para atendimento ambulatorial, no hospital, onde vêm a cada três meses para acompanhar o tratamento de Lúpus Eritematoso Sistêmico (LES ou apenas lúpus) do filho.

Ela conta que Plínio já esteve internado no ano passado, no HJB  e precisou de várias transfusões de sangue para ajudar no restabelecimento do seu estado de saúde. Maria Madalena agradece aos doadores porque não faltou sangue para o filho e recorreu à família e amigos para reposição do sangue na Fundação Hemopa.

"Fomos muito bem tratado e, sempre que venho aqui, sou bem atendido. Hoje me surpreendi com esta ação e espero que mais ações como esta aconteçam porque assim como eu, outras pessoas precisam ou podem precisar", destacou o paciente.

Lúpus é uma doença auto-imune do tecido conjuntivo, de causa desconhecida que pode afetar qualquer parte do corpo. Assim como ocorre em outras doenças auto-imunes, o sistema de defesa ataca as próprias células e tecidos do corpo, resultando em inflamação e dano tecidual.

Com Agência Transfusional  (AT) própria e com capacidade para até 200 atendimentos mês, de janeiro a maio deste ano, foram realizadas 673 transfusões com uma média mensal 135 bolsas mês.

A AT é abastecida pela Fundação Hemopa, que depende de doações voluntárias para manter o estoque regular e, assim, assegurar atendimento pleno da demanda transfusional da rede hospitalar pública e privada.

Com AT própria, o HJB também aderiu ao movimento em favor da elevação das coletas de sangue no Pará. A diretora técnica da unidade, a médica Denise Villacorta apoia a ação. "É uma excelente iniciativa e, se bem conduzida, pode ter reflexos muito positivos aqui nos nossos estoques. Precisamos nos unir para aumentar estes índices de doação, principalmente para nós que trabalhamos nos ambientes hospitalares e sabemos da necessidade deste produto para os usuários", ressaltou.

Serviço:

O Hospital Jean Bitar funciona na Rua Cônego Jerônimo Pimentel, Bairro do Umarizal, em Belém. Mais informações: (91) 3239-3800.

 

Comentários