Tailândia encerra quadra junina com o "Forrozão do Povo"

Os festejos juninos trazem significativo crescimento no fluxo de pessoas e movimentam a economia e o turismo em todo o estado. No município de Tailândia, na região Tocantins, serão celebrados os santos deste mês - São João, São Pedro, Santo Antônio e São Paulo - com o “V Forrozão Junto e Misturado” e o “Forrozão do Povo”. Promovidos pela Secretaria Municipal de Cultura, Esportes, Juventude e Lazer (Secjet) e pela Secretaria Municipal de Educação (Semed), os eventos serão realizados nesta sexta, 29, e sábado, 30 de junho, na Praça do Povo.

A quadra junina foi aberta, no início do mês, com o 38º Baile dos Coroas, uma das festas mais tradicionais da cidade, que este ano homenageou o seu fundador Raimundo Braga, falecido em janeiro. A estimativa é que cerca de 20 mil pessoas participem, de forma direta e indireta, dos dois últimos dias de programação.

Com início às 18h, o “V Forrozão Junto e Misturado” reúne 13 escolas municipais, que proporcionam o evento para a comunidade em geral, desde 2014. Durante toda a programação haverá a apresentação das tradicionais quadrilhas, desfiles de miss caipira, bingos e vendas de comidas típicas. Às 19h30, inicia-se a quadrilha dos idosos, que tem como participantes os membros da Pastoral do Idoso, seguida da apresentação dos alunos do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti) e do desfile de miss caipira infantil. Às 21h15, começam os bingos e desfiles de miss caipira juvenil.

Para Nixon Mariano, secretário municipal de Educação, o evento busca unir as escolas da rede pública e promover a interação cultural dos alunos e seus familiares. “Estamos trabalhando juntamente com as direções e comunidades escolares, em especial os alunos, que estão comprometidos com as apresentações de quadrilhas e danças folclóricas. Além disso, a comunidade escolar se organizou para oferecer as comidas típicas da época junina”, explicou.

Já no dia 30, o “Forrozão do Povo” atrairá a população de 15 municípios da região para o concurso intermunicipal de quadrilhas. Grupos de dez deles já confirmaram presença para disputar as premiações de R$ 4.000 para o primeiro lugar, R$ 2.000 para o segundo e R$ 1.000 para a terceira colocação. Para o concurso de miss caipira e marcador, a premiação será de R$ 200 para o 1º lugar em cada modalidade. Este evento era realizado desde 2001 e deixou de ocorrer em 2010, voltando em 2017.

Ainda na programação, haverá concurso de Miss Mix, com muito brilho e combate ao preconceito. Serão oito candidatas nessa disputa. Em 2017, a vencedora do concurso foi Nabely Talita, que também defenderá o título na edição deste ano. Para Melquizedec Gonçalvez, secretário municipal de Cultura, os dois eventos são extremamente importantes para o desenvolvimento cultural, social e econômico do município. “São fundamentais para difusão do folclore, manutenção da cultura junina e manifestações religiosas, assim como para valorização da diversidade e integração social”, disse.

Texto elaborado por Leandro Ferraz, sob supervisão do Núcleo Regional da Secom

Comentários