Oficina de currículo apresenta serviços do Portal do Trabalhador e Fundo Ver-o-Sol para comunidade

Cerca de 20 moradores dos bairros da Cremação e do Jurunas formaram a primeira turma da Oficina Elaboração de Currículo e Preparação para Entrevistas de Emprego, realizada até esta sexta-feira, 29, na Igreja Centrão. A iniciativa atende um pedido da própria comunidade para orientar pessoas que estão fora do mercado de trabalho. Na turma, 19 dos 20 participantes estão desempregados, alguns há mais de dez anos. Nesta sexta-feira, 29, um ônibus será garantido pela Prefeitura de Belém para levar os participantes até o Fundo Ver-o-Sol, no bairro de São Brás. Lá eles terão a oportunidade de conhecer os serviços do Fundo e também do Portal do Trabalhador, além de se cadastrar para possíveis encaminhamentos a vagas de emprego.

Muito tímida, dona Andrelina Mendonça, de 52 anos, é uma das  mais velhas da turma da Oficina de Elaboração de Currículo e Preparação para Entrevista de Emprego. Ela fez parte do levantamento socioeconômico que identificou que cerca de 70% das famílias da área conhecida como Ilha Bela, no bairro da Cremação, vivem na informalidade, subemprego ou desemprego. "Eu fico agoniada, quero trabalhar e tenho condições", garante dona Andrelina que agora prepara o currículo com as dicas que aprendeu na oficina.

Desempregado há cerca de três anos, Joel Conceição está otimista com o que aprendeu na oficina. Ele e a esposa, que também está desempregada, participam da oficina de currículo realizada pela Prefeitura de Belém, por meio do Programa Sanear Belém, porque têm tido dificuldades de se recolocarem no mercado de trabalho formal, por mais esforços que façam, segundo o casal. Por isso, garantiram de imediato as vagas na Oficina que tem como objetivo estimular a participação e melhorar o desempenho dos moradores em processos de seleção de mão de obra.

A oficina faz parte das ações sociais que estão sendo desenvolvidas pelo município, na nova etapa de obras de saneamento e urbanização que se inicia nos próximos meses nos canais da Quintino Bocaiúvas, Generalíssimo Deodoro, Doutor Moraes, São Miguel e Caripunas, dentro do Programa de Saneamento Básico das Bacias da Estrada Nova e do Una. O investimento total é de 250 milhões de dólares, sendo 125 milhões de dólares financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e o restante, contrapartida da Prefeitura.

As atividades da oficina começaram no dia 25 de junho, totalmente sem custos para os moradores, na Igreja Centrão, dentro da própria comunidade, para facilitar o acesso. Nesta sexta-feira os participantes vão levar documentos para cadastrar os currículos preparados já na Oficina, no Portal do Trabalhador durante visita ao Fundo Ver-o-Sol, onde também vão conhecer os serviços de estímulo e apoio a microempreendedores oferecidos pelo órgão municipal.

Todo o conteúdo da Oficina de Elaboração de Currículo é ministrado por uma equipe qualificada que esclarece a importância do currículo, adequações a diferentes tipos de necessidades e também prepara os participantes para a temida entrevista de emprego. Uma profissional de “visagismo” faz parte da equipe e orientou a turma sobre como construir uma imagem profissional por meio de produção visual oportuna, de acordo com os pontos fortes e características físicas.

Aos 58 anos, dona Alcimar Araújo de Souza se preocupa com o desemprego e o avanço da idade. "Eu sei que já fui dispensada algumas vezes pela minha idade, mas é porque as pessoas não me conhecem, eu posso fazer muitas coisas, tenho experiência e vontade", argumenta. Ela está confiante que as orientações recebidas na oficina vão ajudar a conseguir entrevistas e emprego.

A Oficina de Elaboração de Currículo e Preparação para Entrevista de Emprego se encerra nesta sexta-feira, quando os participantes vão receber os certificados durante a visita ao Fundo Ver-o-Sol. Nos meses de julho e agosto outras turmas serão abertas, também de graça, nas áreas de gastronomia e construção civil. Até o final das obras do Programa Sanear Belém estão previstos 55 cursos e oficinas para as comunidades das áreas de intervenção dos projetos de Saneamento e Urbanização.

Serviço - As oficinas fazem parte das ações do Programa de Saneamento Básico das bacias da Estrada Nova e do Una, realizado pela Prefeitura de Belém por meio do Programa Sanear Belém para atender famílias das áreas de intervenção do projeto. As próximas oficinas previstas para a área são de Pedreiro Assentador e Produção de Alimentos (tortas quentes e frias), ainda no mês de julho. Mais informações podem ser obtidas com o Plantão Social do Programa pelo telefone 0800 095 0016.

Comentários