Encerramento das atividades do semestre das Academias ao Ar Livre reúne 500 atletas

A comemoração teve desde aulas de ritmos e apresentações de grupos folclóricos da terceira idade a sorteios de brindes, como bicicletas. (Foto: Alessandra Serrão - NID/Comus)

Dezenas de pessoas participaram da festa de encerramento das atividades do semestre nas Academias ao Ar Livre de Belém nesta quinta-feira, 28, no complexo turístico Ver-o-Rio. A ação, promovida pela Prefeitura de Belém por meio da Secretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), teve desde aulas de ritmos, apresentações de grupos folclóricos da terceira idade a sorteios de brindes, como bicicletas.

As Academias ao Ar Livre somam cerca de 5 mil pessoas atendidas ao mês nas 25 unidades de bairros como Cremação, Jurunas, Icoaraci, entre outros. Para o titular da Sejel, Wilson Neto, a festa, já tradicional, é uma grande confraternização com o público das Academias.

“Nessa grande confraternização nós conseguimos mostrar o trabalho dos grupos das pessoas que se formam nestas academias, assim como de parceiros. O grande intuito é promover qualidade de vida para a população através da dança, do lazer e dar melhores condições de vida e de saúde para estas pessoas que abraçam esse trabalho e nos recebem muito bem”, declarou o secretário, que parabenizou ainda os servidores da Sejel “que diariamente saem das suas casas e prestam seus serviços de forma muito respeitosa”.

A programação, pela primeira vez realizada no Ver-o-Rio, foi justamente para contemplar um dos principais espaços turísticos da cidade, e ocorreu com o apoio da Coordenadoria de Turismo de Belém (Belemtur) e diversos órgãos municipais.

Para a Judith Lobato, 49 anos, que é frequentadora assídua da academia na praça Brasil, foi um momento para se festejar a saúde. “Já sofri com dois AVCs (acidentes vasculares cerebrais) e pesava quase 90 quilos e foram justamente as aulas que me ajudaram a mudar completamente de vida. Esbanjo saúde e não largo esse grupo por nada”, afirmou.

“Todo final de cada semestre o fechamento é com chave de ouro. É umas uma forma de motivar os alunos que se empenham no dia a dia com a prática de exercícios físicos. É um ganho de vida que eles têm durante o ano inteiro. Ver essas quase 500 pessoas na nossa frente, participando das ações, é gratificante, porque elas estão fazendo o corpo respirar mais através dos exercícios”, disse o professor de educação física e coordenador das atividades nas Academias ao  Ar Livre, Almir Kalif.

A esteticista Gabriela Rodrigues, 29 anos, que estava acompanhada dos sobrinhos, aproveitou para se divertir com as apresentações musicais. “Vim de Manaus (AM) há dois anos e ainda não tinha tido a oportunidade de conhecer esse lugar. Confesso que adorei. Que bom que a Prefeitura aproveita espaços como esse para fazer uma programação que envolve desde os pequenos aos mais experientes”, elogiou.

Comentários