CredCidadão financia a compra de veículos para mototaxistas de Santarém

Vinte e três novos veículos foram entregues nas dependências do Centro de Governo do Baixo Amazonas, de um total de 60 autorizados. O investimento é de R$ 600 mil. (Foto: WILLIAM SANTOS / ASCOM CRGBA)

A categoria de mototaxistas permissionários, que realiza o transporte de passageiros em Santarém, na região oeste do Pará, foi beneficiada nesta quarta-feira (4), com a entrega de motocicletas financiadas a partir do programa de microcrédito do Governo do Estado, o CredCidadão. Vinte e três novos veículos foram entregues nas dependências do Centro de Governo do Baixo Amazonas, de um total de 60 autorizados. O investimento é de R$ 600 mil.

Esta nova linha de financiamento permite ao profissional obter uma nova motocicleta, pagando juros abaixo dos que são praticados por entidades financeiras convencionais, segundo o presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Santarém, Manoel Edivaldo Sousa.

"Esse é um grande ganho para a categoria, que precisa renovar sua frota. Isso era uma preocupação para o sindicato, sobre como a gente iria financiar algumas motos. Com essa liberação do CredCidadão, os juros são baixos e cada permissionário pode custear esse financiamento. São 29 parcelas de R$ 360,00, que dá em torno de R$ 10.800,00, com juros de R$ 800. Se a gente for comparar com os juros de mercado dá quase R$ 4 mil de diferença. Isso vem somente a ajudar a categoria, pois foi uma luta muito grande", relata o presidente do sindicato.

A entrega desta quarta inaugura uma modalidade de financiamento do programa, aprovada em uma nova legislação. Agora, o CredCidadão financia 100% do valor do bem, que pode chegar a até R$ 10 mil. Santarém é o primeiro município do estado do Pará beneficiado após a mudança. O aporte foi de R$ 600 mil para financiamento de motocicletas de até 200 cilindradas.

De acordo com o diretor geral do programa, Jorge Rezende, desde a abertura desta linha de financiamento, em 2012, 187 motocicletas - somadas com as 23 desta quarta - já foram entregues para Santarém. O valor investido ultrapassa R$ 1 milhão. "Se a gente contar com a liberação de hoje temos quase R$ 1,5 milhão só de motos", informou Jorge Rezende, lembrando que no último mês de maio, o CredCidadão esteve em municípios do Baixo Amazonas - Santarém, Belterra, Mojuí dos Campos e Óbidos, liberando mais de R$ 430 mil para a linha convencional: confecções em geral, armarinhos, lanchonetes e outros pequenos negócios.

Jorge Rezende ainda enalteceu o grau de comprometimento dos empreendedores de Santarém, em especial da classe de mototaxistas, cujos índices de inadimplência estão entre os mais baixos do estado do Pará, o que garante que as parcelas sejam pagas em dia, para que sejam obtidos novos financiamentos.

Para o secretário regional de Governo do Baixo Amazonas, Olavo das Neves, esta é uma política de Estado que garante melhores condições às famílias, impulsiona os negócios e demais atividades econômicas, garantindo emprego e renda. "Hoje o Estado beneficia essa classe tão importante, a dos mototaxistas, e garante também acesso ao crédito num momento em que a economia está em dificuldade. Esse recurso é utilizado para geração de receita, emprego e renda", destacou o secretário.

O assessor da Governadoria do Estado, Alexandre Von, reiterou que o CredCidadão é um programa que visa, sobretudo, oferecer novas perspectivas para quem deseja empreender. "Estivemos e estamos sempre juntos com a categoria de mototaxistas, que tem uma direção que luta por seus anseios. O resultado dessa mobilização se traduz nessa expressiva entrega, lembrando que esse valor empregado é fruto dos impostos pagos pelo povo paraense, que volta em bens e serviços", disse.

Participaram ainda da solenidade, a secretária de Meio Ambiente de Santarém, Vânia Portela, (representando o prefeito Nélio Aguiar); o vereador Alaércio Cardoso (representando a Câmara Municipal de Santarém); o representante do Banpará, Pedro da Paz; os coordenadores do Centro Regional de Governo - Zuíla Wanghon (Assistência Social); Gustavo Hamoy (Desenvolvimento Econômico e Incentivo à Produção); Rodrigo Branco (Infraestrutura e Logística); Gilberto Aguiar (Segurança Pública) e Irene Escher (Educação), além de integrantes dos mototaxistas beneficiados com as cartas de crédito.

Comentários