Alepa aprova emenda de Coimbra para verticalizar o cacau

O maior produtor de cacau do Brasil é o Pará, que responde por quase 50 por cento da produção nacional. E a maior meta hoje dos produtores do Pará é o investimento na industrialização para explorar o produto final: o chocolate da Amazônia. Para impulsionar esse objetivo o deputado Fernando Coimbra apresentou emenda parlamentar ao Projeto Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO/2019) que “cria a política estadual de incentivo à produção do chocolate no Pará”. O deputado explicou que é necessário aproveitar esse momento para verticalizar a cadeia produtiva, ampliar o parque industrial e gerar emprego e renda no setor. 

Do total de 105 emendas apresentadas ao projeto da LDO foram aprovadas 14. Destas, duas são de autoria do deputado Fernando Coimbra: uma de criação da política estadual de incentivo à produção de chocolate no Pará; e a outra de política de incentivo ao cultivo do feijão no Estado.

O estado consolidou sua posição de maior produtor de cacau em grão do país, estando hoje à frente da Bahia, que historicamente era a maior produtora. Esses dados são do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de junho, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O município que concentra expressiva parte da produção é Medicilândia, que fica a cerca de 900 quilômetros de Belém.

Segundo a pesquisa do LSPA, a produção de cacau em grão do Pará deverá atingir 116 mil toneladas neste ano, acima das 105 mil toneladas previstas para a Bahia.  No topo do ranking da produção de cacau, o Pará agora tem como desafio investir no beneficiamento do fruto, para que, em breve, possa industrializar e comercializar em larga escala o chocolate em pó, em barra, bombons, ovos etc.

Atualmente o Pará já se destaca com empreendimentos como o da cooperativa Agroindustrial da Transamazônica (Coopatrans), que tem a famosa indústria CacaWay, que resultou de parceria dos produtores de Medicilândia, do Governo do Estado, Ceplac e Sebrae. Outro ícone de nosso bom chocolate é a marca “Filha do Combu”, da Dona Nena. Ela produz chocolate orgânico, em barra e em pó na Ilha do Combu, de frente pra Belém. Dona Nena produz forma artesanal, tudo 100% cacau. Com sua pequena e dedicada equipe, Nena também é famosa internacionalmente. Para se ter um exemplo, ela consegue vender entre 200 e 250 barrinhas por semana.

Comentários