Polícias Civil e Militar buscam a criminosos que explodiram banco em Senador José Porfírio

As Polícias Civil e Militar estão em diligências na região do município de Senador José Porfírio, sudoeste paraense, para tentar localizar os criminosos que explodiram caixas eletrônicos em uma agência bancária durante a madrugada de hoje. Por volta de 2h, um grupo de assaltantes - de oito a dez pessoas - chegou à sede do município, em pelo menos quatro veículos, sendo uma caminhonete modelo Toyota Hilux (branca ou prata), um carro Fiat Palio de duas portas e duas motos pretas. Em seguida, parte do bando foi para a frente do prédio do Destacamento da Polícia Militar, onde passaram a efetuar disparos em direção ao local, para impedir a intervenção policial. Nenhum policial militar ficou ferido.

Outra parte do grupo foi até a agência do Bradesco efetuando disparos na região do comércio da cidade. Alguns tiros atingiram a fachada do Banpará que teve apenas danos na estrutura causados pelos tiros e não foi atacado pelos criminosos. Em seguida, o Bradesco foi invadido a tiros. Os bandidos instalaram emulsões explosivas, mais conhecidas como "bananas de dinamite" nos dois terminais de autoatendimento (caixas eletrônicos) que foram explodidos. Segundo testemunhas, os bandidos saíram em fuga, logo após as explosões, em direção da Rodovia PA-167, tomando rumo para a Transamazônica. Ainda não é possível saber se alguma quantia em dinheiro foi roubada.

Após o crime, policiais civis e militares do município isolaram o banco e encontraram quatro "bananas de dinamite" deixadas pelos criminosos no local. As Polícias Civil e Militar de Altamira deslocaram policiais até Senador José Porfírio, onde estão presentes equipes especializadas da PM (Grupo Tático Operacional de Altamira), da Superintendência Regional do Xingu e do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI de Altamira) para atuar nas buscas e investigações do crime.

Comentários