Profissionais destacam a importância da saúde bucal

A higiene bucal vai além de um sorriso bonito. Isso porque, muitas doenças podem ser iniciadas pela boca, sendo o diagnóstico precoce significativo para o tratamento. E quando se trata de saúde bucal, o cirurgião-dentista é um profissional que tem papel fundamental na prevenção, orientação e cuidados com a saúde bucal. Esses capacitados profissionais foram lembrados em todo o país nesta quinta-feira, 25, data que se comemora o Dia do Cirurgião-dentista e da Saúde Bucal.    

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), destaca a importância desses especialistas, além de conscientizar a população sobre os cuidados indispensáveis que devem ser realizados no dia a dia com a saúde bucal. A cirurgiã-dentista e colaboradora da coordenação odontológica do Centro de Especialidades Médicas e Odontológicas (CEMO), Lúcia Fidalgo, trabalha há 04 meses na unidade e comenta que se sente extremamente privilegiada em poder contribuir com a saúde bucal da população.

“Trabalhar com os profissionais daqui é gratificante, pois eles são do mais alto gabarito e se doam de uma forma impressionante. Estou encantada porque tudo isso é em prol de melhorias para a saúde e o bem estar das pessoas”, diz Lúcia.

Ela ainda comenta sobre a necessidade do profissional desta área trabalhar sempre feliz para que o paciente se sinta confortável. “Trabalhamos com sorrisos, portanto, devolver a autoestima, a funcionalidade, a mastigação correta e, até mesmo, eliminar um problema gástrico pelo fato de a pessoa poder voltar a mastigar adequadamente, é algo recompensador. Observamos nos sorrisos dos pacientes a gratidão”.

Prevenção – O cuidado com a saúde bucal começa pela prevenção e desde os primeiros anos de vida, junto a um bom acompanhamento odontológico. Segundo Ludmila Cunha, diretora do CEMO, a saúde bucal, infelizmente, ainda é pouco trabalhada e valorizada pela população, talvez por questões culturais ou por falta de hábitos regulares.

“Ainda preconizamos a atenção muito curativista e não a preventiva, e na área da odontologia não é diferente. Muitos pacientes procuram atendimento com os dentes já bem careados ou muito danificados, necessitando de cuidados mais complexos. O ideal seria o acompanhamento rotineiro. Quanto mais rápido ele procurar ajuda, as chances de continuar tendo uma boa dicção, saúde e higiene bucal são bem maiores”.

Para isso, as Unidades Municipais de Saúde (UMS), as Unidades Saúde da Família (USF) e os Centros Especializados em Odontologia (CEO) dispõem de odontólogos, que com o auxílio de técnico ou auxiliar em saúde bucal realizam procedimentos que incluem desde o atendimento de urgências odontológicas, profilaxia, restaurações, visitas domiciliares e ações coletivas voltadas à promoção da saúde e à prevenção de doenças bucais, até a realização de procedimentos mais complexos tais como cirurgias ambulatoriais, exodontias, tratamento de canal e doenças periodontais, correção de problemas ortodônticos e outros.

CEMO - Localizado do bairro do Marco, o CEMO realiza atendimento especializado em áreas médicas e odontológicas com o encaminhamento das Unidades Municipais de Saúde (UMS) e atendimento de urgência odontológica 24 horas. O serviço está vinculado ao programa federal Brasil Sorridente e atende a média complexidade e as especialidades odontológicas, que são endodontia (canal), ortodontia (aparelhos preventivos para crianças até oito anos), periodontia, cirurgia oral menor, odontopediatria, Bebê Clínica e Pessoa com Deficiência.

Belém também conta com atendimento odontológico na beira do leito de pacientes em tratamento nas enfermarias e UTI do Hospital de Pronto Socorro Municipal Mário Pinotti, visando à redução de infecção de patógenos na cavidade bucal que causam problemas sistêmicos, e que podem comprometer a recuperação do paciente. “É através da boca que sentimos os sabores, expressamos nossos sentimentos e nos comunicamos com o mundo. O cuidado com a saúde bucal é precursor para a manutenção da saúde geral do corpo”, conclui Tércia Macedo, coordenadora da Referência Técnica em Saúde Bucal da Sesma.

 

Comentários