Fé e emoção marcam 65º Círio da Imaculada Conceição em Outeiro

Com o tema “Maria, mãe e mestra por amor”, o tradicional Círio de Nossa Senhora da Imaculada Conceição, no distrito de Outeiro, chegou na 65ª edição. O evento levou cerca de seis mil pessoas em procissão às ruas da ilha de Caratateua neste domingo, 02. A programação, que tem o apoio da Prefeitura de Belém, por meio da Administração Regional do Outeiro (Arout), segue até o domingo, 09, com apresentações musicais no espaço cultural da Igreja Matriz.

No domingo, após missa celebrada na Comunidade de Nossa Senhora da Fátima, no bairro Itaiteua, os fiéis acompanharam a berlinda com a imagem da Imaculada Conceição pelas ruas do distrito. “A nossa festa está muito bonita. Pedimos à nossa Mãe que transmita mais amor e paz às nossas comunidades da ilha de Caratateua”, comentou César Augusto, pároco local e coordenador da festa.

Para muitos, o Círio de Outeiro é uma oportunidade de agradecer pelas graças alcançadas e momento de pedir intercessão à padroeira da ilha. “Aqui podemos agradecer pelas bênçãos, homenagear e prestigiar mais um Círio da Imaculada Conceição. Damos graças a Deus, pois estamos conseguindo com muito esforço levar serviços públicos às comunidades”, reconhece Yan Miranda, administrador regional do Outeiro.

Ao longo de toda procissão, dezenas de gestos de amor e fé emocionaram todos. Para Alana Moura, os gestos simples fazem a diferença na vida de outras pessoas. A católica acredita que “não devemos deixar de ser solitários nos ensinamentos deixados por Jesus”. “Sou moradora da ilha há 18 anos, e por vários anos, eu e minha família fazemos a distribuição de água aos promesseiros. Graças a Imaculada Conceição eu consegui abrir meu próprio negócio e hoje estamos aqui para agradecer”, revela a empresária.

O percurso de aproximadamente seis quilômetros passou pelas principais vias da ilha, entre elas as ruas Evandro Bonna, Paulo Costa, Nossa Senhora da Conceição, avenidas Franklin de Menezes, Beira Mar e rua Manoel Barata. Com largos sorrisos no rosto, os amigos Moacir Torres, 84, e Cesariano de Lima, 90, celebraram juntos a amizade e a saúde, ao completar o longo trajeto junto com a berlinda. “O Círio de Outeiro é momento de celebrar. É a minha 40ª edição e graças a Deus tenho saúde”, disse Moacir. “Já estamos idosos, mas temos muita energia para dar e vender. Nossa intercessora sempre nos dá força para superar e conquistar nosso bem estar”, completou Cesariano.

Para a realização do Círio, Outeiro recebeu no domingo o apoio de 25 voluntários da Defesa Civil e Guarda Municipal de Belém (GMB), que disponibilizou um efetivo de seis agentes de segurança, além do reforço da Superintendência de Mobilidade Urbana (SeMOB), que trabalhou em parceira com o Departamento de Transito do Pará (Detran) e Policia Militar do Pará na organização do trânsito no percurso da procissão.

PROGRAMAÇÃO

A programação cultural da festividade iniciou logo após a missa na Igreja Matriz. Confira a agenda que segue até domingo, 09:

04/12 – Nelsinho Rodrigues;

05/12 – Banda Os Brothers;

06/12 - Cleide Moraes;

07/12 – Portal do Arrocha;

08/12 – Romaria da Juventude, às 17h, com concentração no Alphaville e show de Joelson Pantoja;

09/12 – Missa e Círio das Crianças, às 07h30. Às 19h, Santa Missa com encerramento da festividade e show de Chico Sales.

Tags:


AROUT

Comentários