Prefeitura de Belém leva qualificação e certifica comerciantes de Outeiro

Buscando a valorização do comércio da ilha de Caratateua, a Prefeitura de Belém, por meio da Administração Regional de Outeiro (Arout) e Fundo Ver-o-Sol, tem estimulado os comerciantes do distrito a realizarem capacitações visando melhores práticas de gestão e, consequentemente, a ampliação dos negócios e a geração de emprego e renda na região. Nesta quinta-feira, 13, cerca de 25 pessoas concluíram o curso “Microempreendedor Individual (MEI)”, que abordou o tema sobre o acesso ao crédito nos agentes financeiros, identificando a lucratividade e os fluxos de caixa, realizado no auditório da Escola Estatal de Outeiro. A programação desenvolvida durante três dias atendeu desde o empreendedor que pretende abrir seu primeiro negócio até pequenas empresas que já estão consolidadas e buscam ampliação no mercado.

“Chegamos ao final de mais uma capacitação gratuita ofertada pela Prefeitura. Quero agradecer a dedicação dos moradores participantes, que dedicaram uma parte do seu dia para aprender sobre gestão, e compartilhar experiências”, disse Yan Miranda, agente distrital.

Há quase 20 anos, o casal, Márcio Leal e Tânia Campos trabalham com comércio de gêneros alimentícios. Para o casal, o curso foi uma oportunidade para organizar ideias e traçar planos futuros. “A capacitação foi muito boa. Aqui aprendemos algumas maneiras de, como melhorar a gestão e elaborar um plano de negócio”, contou Tânia Campos.

Já o aposentado Silval Santos, aproveitam a oportunidade para aprender a empreender. “Há 15 anos, eu e minha esposa Edna Mari, trabalhamos com a produção de pizzas artesanais, e em todos esses anos as vendas tem dado certo. Aqui aprendemos as vantagens do MEI, e gostamos, mas precisamos estudar a fundo essa modalidade de empreendimento”, disse.

“É muito prazeroso ver pessoas de diversas comunidades participando, e o mais legal, que a escola não fica somente movimentada pelos alunos, mas pelos pais, tios, vizinhos e toda comunidade escolar”, falou Daniele Balieiro.

“O sentimento é de gratidão. Conseguimos promover por meio da Prefeitura mais capacitação que trouxe um olhar direcionado, o da importância de se tornar microempreendedor individual e formalizar as atividades comerciais na ilha de Caratateua”, reconheceu o coordenador do curso, Kadmiel Pacífico.

Durante o ano de 2018, a Prefeitura de Belém qualificou mais de 500 moradores do distrito de Outeiro, além do curso de Microempreendedor, os de capacitação de atendimento ao público, turismo e hospedagem, aquaviários, pousadas e hotéis, manipulação de alimentos, entre outros. A expectativa é que em 2019 a oferta seja maior. “Para 2019 vamos ampliar nossas parcerias e ofertar um número maior de cursos e qualificações para melhor atender os moradores e todas as comunidades da ilha de Caratateua e todo o distrito”, finaliza Yan Miranda.

Comentários