Globo de Ouro 2019 consagra os filmes “Green Book - O Guia” e “Bohemian Rhapsody”

E começou a temporada de premiação do cinema em 2019. Na noite de domingo, 6, a Associação de Imprensa Estrangeira de Hollywood (Hollywood Foreign Press Association) promoveu a cerimônia de entrega dos troféus Globo de Ouro aos melhores do cinema e da televisão americanos, referente ao ano passado.

Numa espécie de ‘inversão’, os grandes premiados da noite, meio que mudaram de gênero, e “Green Book - O Guia”, um filme que está mais para drama, ganhou na categoria Comédia/Musical; e “Bohemian Rhapsody”, que conta a história – em meio a muitas canções – de Freddie Mercury, o ex-vocalista da banda Queen, ganhou em Drama. Meio maluco, mas parece que as coisas são assim mesmo lá pelos lados da terra do Tio Sam.

Quem levou mais troféus na noite foi “Green Book - O Guia”, que arrebatou ainda os prêmios de Melhor Roteiro e de Ator Coadjuvante, para Mahershala Ali.

Pistas - Por que os cinéfilos ficam em polvorosa com o Globo de Ouro?Porque, além de ser o primeiro grande prêmio da temporada, ele começa a dar pistas do que está por vir, em especial, quando pensamos no Oscar, que até pode não ser justo nas escolhas, mas imprime respeito e é o mais importante prêmio da indústria do cinema.

Por exemplo, havia uma sombra sobre a categoria de Melhor Atriz/Drama. Surgiu uma disputa velada entre Lady Gaga (protagonista de “Nasce uma Estrela”, na estreia da cantora no cinema) e a veterana (e grande atriz) Glenn Close (de “A Esposa”). Por fim, ganhou La Close, em uma disputa na qual ela já foi merecedora de vitória, pelo menos, umas duas vezes. Agora, depois de ver Close com o Globo de Ouro na mão, os fãs ficaram mais tranquilos. Que venha esse Oscar que Close merece há anos.

Glenn Close não resistiu e chorou ao receber o prêmio. Lembrou da mãe dela, fazendo um paralelo com a história do filme, que mostra uma esposa que se retrai para deixar o brilho do sucesso ao marido. A atriz fez um belo discurso, dos mais politizados sobre a condição de opressão das mulheres.

Atores - O Melhor Ator/Drama foi Rami Malek, que entrega uma bela composição de Freddie Mercury, em “Bohemian Rhapsody”. Não é uma unanimidade, mas está despontando nas indicações e deve estar entre os indicados ao Oscar.

O Ator/Comédia foi Christian Bale, no filme “Vice”, no qual ele está quase irreconhecível, com é característica desse ator que engorda, emagrece, fica careca e outros sacrifícios, tudo em favorecimento dos personagens.

Uma barbada nas indicações vai ser “Roma”, o belo filme memorialista de Alfonso Cuáron, que ganhou dois Globos: o de Melhor Filme em Língua Estrangeira e Melhor Diretor. Cuáron já tem Oscars por conta de “Gravidade”. Será vêm mais outros por aí?

Lady Gaga acabou saindo com um prêmio apenas: o de canção, por “Shallow”, que ela canta com Bradley Cooper em “Nasce uma Estrela”. Vai estar no Oscar e é provável que leve também.

A Atriz Coadjuvante foi Olivia Colman, de "A Favorita". Um filme que colocou o diretor dele, o grego Yorgos Lanthimos, definitivamente, no cenário de Hollywood.  Deve estar na disputa do Oscar também.

Mas nem tudo foi alegria. Os fãs ensandecidos de “Pantera Negra”, a primeira adaptação de HQ (histórias em quadrinhos) a chegar na disputa de um prêmio como o Globo de Ouro, saiu de mãos vazias, apesar das boas indicações. Fã que é fã não perdoa, mas um filme de super herói chegar aonde “Pantera Negra” chegou já é, em si, uma vitória.

As indicações ao Oscar serão divulgadas no dia 4 de fevereiro, com a cerimônia de entrega do prêmio no dia 24 do mesmo mês.

Confira todos os vencedores do Globo de Ouro 2019:

CATEGORIAS DE FILMES

MELHOR DRAMA: "Bohemian Rhapsody"

MELHOR COMÉDIA OU MUSICAL: "Green Book - O Guia"

MELHOR ATOR, DRAMA: Rami Malek - "Bohemian Rhapsody"

MELHOR ATRIZ, DRAMA: Glenn Close - "A Esposa"

MELHOR ATOR, COMÉDIA OU MUSICAL: Christian Bale - "Vice"

MELHOR ATRIZ, COMÉDIA OU MUSICAL: Olivia Colman - "A Favorita"

MELHOR DIRETOR: Alfonso Cuarón - "Roma"

MELHOR ATOR COADJUVANTE: Mahershala Ali - "Green Book - O Guia"

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE: Regina King - "Se a Rua Beale Falasse"

MELHOR ANIMAÇÃO: "Homem-Aranha no Aranhaverso"

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA: "Roma" - México

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL: “Shallow”, de "Nasce uma Estrela"

CATEGORIAS DE TV

MELHOR SÉRIE DE DRAMA: "The Americans" - Fox

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA OU MUSICAL:"O Método Kominsky" - Netflix

MELHOR ATOR DE SÉRIE DE DRAMA: Richard Madden - "Segurança em Jogo"

MELHOR ATRIZ DE SÉRIE DE DRAMA: Sandra Oh - "Killing Eve"

MELHOR ATOR DE SÉRIE DE COMÉDIA OU MUSICAL: Michael Douglas - "O Método Kominsky"

MELHOR ATRIZ DE SÉRIE DE COMÉDIA OU MUSICAL: Rachel Brosnahan - "The Marvelous Mrs. Maisel"

MELHOR MINISSÉRIE OU FILME PARA TV: "The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story" - Fox

Tags:


Comentários