Prefeitura de Tucuruí passa a pagar piso nacional de professores

Os servidores efetivos do magistério estadual do município de Tucuruí, no sudeste paraense, passarão a receber um do reajuste de 4,17% nos salários, conforme um decreto assinado na tarde desta quinta-feira (31) pelo prefeito Artur Brito.

Em Tucuruí, o reajuste de 4,17%, que garante o cumprimento do Piso Nacional, atende à principal bandeira de luta dos profissionais da educação no Brasil. O decreto tem efeito imediato na folha de janeiro, que também contemplará as férias remuneradas dos professores em regime de docência.

O impacto do reajuste na folha de janeiro é de R$ 115 mil. Este valor, somado ao dispêndio com as férias, chega a quase meio milhão de reais. No ano, o reajuste representa um incremento de R$ 1.380.000 nos gastos com educação.

“Tucuruí vive um momento delicado em relação às finanças. Mas isso não pode nos engessar. Fomos atrás e conseguimos assegurar os recursos necessários para o cumprimento do reajuste na data-base”, disse o prefeito.

Segundo levantamento do Ministério da Educação divulgado no ano passado, menos da metade das 5.570 prefeituras do Brasil cumpre o pagamento do Piso Nacional.

Comentários