Profissionais da educação podem apresentar carteira de trabalho nos pontos de vacinação