Relações Internacionais

Embaixadora norte-americana quer conhecer melhor o estado do Pará

O governo dos Estados Unidos quer conhecer melhor o Pará e estreitar relações sociais e econômicas com o Estado. Para isso, representantes da Embaixada dos EUA em Brasília visitaram nesta segunda-feira, 19, a Representação do Governo do Estado no Distrito Federal.

Richa Bhala, segunda secretária da Seção Política da Embaixada dos Estados Unidos, conversou com o chefe da Representação do Governo do Pará em Brasília, Ophir Cavalcante Júnior, que traçou um perfil da realidade socioeconômica do Pará. Da reunião participou ainda o chefe substituto da representação no DF, José Manoel Marques.

Segundo a secretária, que inicia na próxima quinta-feira (22) uma visita de dois dias a Belém, o objetivo da embaixada norte-americana é conhecer a realidade das regiões e estados brasileiros, que, segundo ela, "tem peculiaridades e realidades bem distintas”. As informações coletadas em contatos com autoridades dos estados serão repassadas à embaixadora dos Estados Unidos no Brasil, Liliana Ayalde, para que sejam elaborados programas de desenvolvimento nas áreas de economia, bem-estar social, educação e saúde, dentre outros. 

Na visita, já estão agendados encontros com os secretários de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Adnan Demachki; de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Luiz Fernandes Rocha; de Integração de Políticas Sociais, Izabela Jatene; com a coordenadora de Relações Internacionais do Governo do Pará, Larissa Chermont; e com o prefeito de Belém, Zenaldo Coutinho, além de estudantes paraenses que participam de programas de intercâmbio com universidades norte-americanas.

Ophir Cavalcante Júnior traçou um perfil socioeconômico do Pará, destacando programas já implantados, como o Municípios Verdes, e projetos futuros, como o da Ferrovia Paraense (Fepasa). Falou ainda dos problemas econômicos causados ao estado pela desoneração de impostos, como o ICMS, e reiterou que mesmo diante da falta de recursos, o governo estadual vem conseguindo cumprir com o compromisso de prestar bons serviços à população paraense. 

"Somos hoje um estado com as contas devidamente saneadas, investimentos estrangeiros propostos e alguns já colocados em prática, além de excelentes perspectivas de futuro, apesar da crise econômica que o País atravessa hoje", disse Ophir. O Pará, com suas dimensões continentais, é um estado que apresenta um mosaico de realidades distintas, e é fundamental que os governos estrangeiros possam conhecer essas realidades como nós conhecemos para estreitar relações não apenas comerciais, mas todas as que possam redundar em ações e obras que venham promover o bem-estar do povo paraense, completou.

Tags

Política Relações Institucionais

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder