Cultura

Governador participa de programação em homenagem à Cabanagem e ao aniversário de Belém

O governador Helder Barbalho prestigiou, na noite desta sexta-feira (11), no Theatro da Paz, um espetáculo cênico e musical, realizado em homenagem ao movimento da Cabanagem, que completa 184 anos neste mês de janeiro. O evento integrou a programação “Belém Cabana”, promovida pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), e também fez parte das comemorações pelos 403 anos de Belém, a serem celebrados neste sábado, 12.

A programação teve início com o relançamento do livro “Cabanagem – Poema” e do CD “Cabanagem – O Musical”, do professor, médico e poeta Valdecir Palhares. O projeto, que tem produção artística dos músicos Jacinto Kahwage e Luiz Pardal, reúne os intérpretes Allan Carvalho, Nanna Reis e Rogério Brito. O livro de poesias autorais foi ilustrado por Biratan Porto.

Em seguida, houve apresentação do coro infantojuvenil Vale Música, formado por 130 crianças e adolescentes, regido por Eliane Fonseca e acompanhado pelo pianista Ediel Souza. No repertório, composições regionais, nacionais e internacionais, como “Uirapuru”, de Waldemar Henrique, e “Depende de nós”, de Ivan Lins.

O Programa Vale Música é realizado pela Fundação Amazônica (FAM),  desde 2004, e tem patrocínio da Vale por meio da Lei Rouanet, do Ministério da Cultura. Completamente gratuito, atende crianças e jovens da rede pública de ensino de Belém e Região Metropolitana. O governador Helder Barbalho fez questão de ir até o palco para felicitar o grupo pela exibição e o trabalho desenvolvido.

Helder Barbalho aproveitou para anunciar ao público que convidou a coordenadora do Vale Música em Belém, professora Glória Caputo, para assumir a superintendência da Fundação Carlos Gomes, uma das mais instituições de formação musical mais importantes do País. “Já está mais do que na hora de o Estado abraçar esse projeto, que é um orgulho para todos nós. Queremos valorizar ainda mais a nossa cultura e os talentos do Pará”, ressaltou.

A última atração da noite foi o espetáculo “Cabanos: Uma Viagem no Tempo”, do grupo de teatro Encenação Cultural do Pará. A montagem interpreta os fatos históricos com trechos de ficção romancista e foi aplaudida de pés pelo público presente ao teatro.

A secretária de Estado de Cultura, Úrsula Vidal, destacou o fato de a programação “Belém Cabana” ter sido pensada a partir de um pedido do próprio governador Helder Barbalho, que pretendeu rememorar a importância desse movimento para a história da cidade. “Iniciamos essa semana da ‘Belém Cabana’ com a iluminação e o resgate do monumento em homenagem à Cabanagem e pensamos em uma programação que pudesse mostrar à população que os equipamentos culturais e a política cultural a ser desenvolvida nesta gestão será inclusiva e construída de maneira democrática, para mostrar a força pujante da nossa cultura”, pontuou.

 

Tags

cultura SECULT

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder