Felinos

Blog paraense reúne autores literários

Flutuando entre textos, ensaios, vídeos e entrevistas o Gato que Flutua nos mostra os caminhos que trilha a literatura paraense.

Em meio a encruzilhada de uma crise no mercado e as vésperas da formatura surge um sorriso como o de Cheshire personagem do livro Alice no país das maravilhas de Lewis Carrol. O Gato Listrado, o Gato que Sorri ou o Gato que Flutua é o blog que nos aponta o caminho para conhecer autores locais.

 

"Nasceu meio que de uma crise nas vésperas da minha formatura em Jornalismo. Eu lia as notícias das demissões em massa nas redações, via colegas trabalhando em jobs nada inspiradores e fiquei meio ansiosa em relação ao futuro. Num instante você não tem mais aula para ir e nem estágio para trabalhar, você está solto no mundo." Disse Debb Cabral editora do blog.


Criado em julho 2013 e com uma visão pessoal sobre a cena cultural a editora nos conta como surgiu a ideia "O blog surgiu da necessidade de falar sobre o que me inspira. Tenho muita sorte de trabalhar com Jornalismo Cultural e de atuar ao lado de profissionais e artistas incríveis mas, mesmo assim, também gosto de escolher os conteúdos que quero consumir. O Gato que Flutua é o lugar que encontrei para compartilhar minhas descobertas e experiências."


Flutuando numa inspiral entre vários temas mas com pé no solo paraense o Gato trás dicas sobre Fotografia, cultura, cinema, jogos, beleza, literatura e artes "Uma tarde eu estava no estágio (deveria estar trabalhando ou pesquisando para o TCC) e meti na cabeça que queria ter um blog para poder falar aquilo que eu precisava dizer. Não pretendia que o Gato que Flutua fosse um blog literário e nem acho que ele é. Acontece que a literatura é parte tão fundamental da minha vida que ela praticamente tomou conta do blog. Não acho ruim não. Na verdade, não consigo ler um livro sem planejar postar uma resenha sobre ele no blog. Gosto de pensar que enxergo o mundo através dos livros que leio, então, criar conexões com a vida é inevitável."


Assim como qualquer felino o blog tem uma dieta balanceanda e é alimentado regurlamente "Tenho poucas postagens factuais ou noticiosas no blog, mas elas são praticamente todas sobre livros. Faço parte do PA Book Club, um clube do livro daqui de Belém, e nele estão diversos autores da cena local. Eles estão onde o público está, sempre preocupados em dialogar com os leitores e eu percebi que podia ajudar nisso. Seja no blog ou nas redes sociais, estou compartilhando as novidades sobre os autores locais. Muitos deles são do mesmo gênero literário e em vez de se enxergarem como adversários, atuam como parceiros. Eles trabalham em rede e eu quero ajudar mais pessoas a conhecerem a literatura feita no Pará."


Grande parte dos blogs acaba seguimdo o caminho analógico através de uma publicação, algo que ainda não está previsto para o Gato que Flutua que tem na sua equipe a jornalista Debb Cabral que cuida dos posts, fotos e inclusive do layout que conta com a ajuda regular da irmã "A Dalissa Cabral, minha irmã, colaborou algumas vezes e agora que terminou a faculdade já está planejando a sua próxima resenha. Tudo é voluntário. O Gato que Flutua é um projeto pessoal meu, ele não é a minha fonte de renda e também não me preocupei em torná-lo algo rentável. Ele é um hobby no qual exercito minha liberdade de escrita e de fala."


Quem quiser pode conhecer mais compatilhar dicas de livros, séries e filmes ou conversar com a autora fica aqui o convite. "Um das parte de criar conteúdo que mais gosto é ver a interação e o engajamento. Desde 2013 eu estou no Gato que Flutua fazendo novos amigos."

Tags

Blogs Cultura Pop Literatura Mundo Geek Nerd

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder