Operação Adsumus

Nove pessoas são autuadas por crimes de trânsito em Ananindeua

Nove pessoas foram autuadas por crimes de trânsito praticados em Ananindeua, na região metropolitana de Belém, neste final de semana. As informações foram divulgadas nesta segunda-feira (28), pela Polícia Civil, e são resultado da operação Adsumus, realizada para combater delitos, como poluição sonora e tráfico de drogas, na área da Praça da Bíblia. Ao todo, 25 veículos foram recolhidos por irregularidades.

Iniciada na noite de sábado (26), a operação se estendeu até a manhã de hoje. Uma pessoa foi presa em flagrante por tráfico de drogas e quatro foram autuadas por crime ambiental de poluição sonora. A ação policial foi realizada de forma conjunta por policiais civis e militares, guardas municipais e agentes de trânsito do Detran e Secretaria Municipal de Trânsito de Ananindeua. No total, estiveram em atuação cerca de 70 agentes.

Conforme planejamento operacional, as equipes dos órgãos se reuniram na noite de sábado, na sede da Delegacia de Homicídios de Ananindeua, de onde seguiram até o local da operação. A área da praça foi isolada para realização das abordagens e fiscalizações desde o início da madrugada de domingo. 

Segundo o delegado Waldir Freire, diretor da Divisão Especializada em Meio-Ambiente (DEMA), que esteve à frente da operação, além dos procedimentos policiais e recolhimento de veículos em situação irregular, as equipes de trânsito procederam à aplicação de seis procedimentos por infrações de trânsito e recolhimento de nove carteiras de habilitação e três Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLVs), além de reter 20 motos e cinco carros.

Durante a operação, dois homens que se identificaram como policiais militares e estavam aparentemente embriagados foram abordados. Eles foram detidos e apresentados na Divisão de Crime Funcionais (Decrif), na sede da Delegacia-Geral, em Belém, para responder por infrações como desacato e desobediência.

A operação policial deverá ser estendida a outros pontos da grande Belém. "Não se trata apenas de um problema de meio ambiente, mas também de um contexto de crimes que surgem a partir disso. Por isso, o nome da operação é Adsumus, que significa Estamos Presentes", ressalta Waldir Freire.

Tags

Ananindeua polícia civil

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder