Arte e alegria

Preamar de Carnaval traz o povo para as ruas históricas de Vigia de Nazaré

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), organizou uma programação alternativa para promover a nova política cultural e intensificar o “fazer artístico” em todas as linguagens e expressões. O Preamar de Carnaval 2019 promete integrar e descentralizar ações em quatro municípios. O Preamar de Carnaval 2019 começou levando para a histórica Vigia de Nazaré, no nordeste paraense, um concerto da Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP), sob a regência do maestro assistente Pedro Messias. A Orquestra apresentou um repertório carnavalesco, com a participação da cantora Nanna Reis. "Estamos muito felizes de ter vindo até aqui fazer parte desta noite especial. Preparamos um repertório voltado para a história do nosso carnaval, respeitando a tradição aqui da Vigia, que vive intensamente essa época do ano", declarou o maestro, que conquistou o público com muita simpatia.

Com olhos e ouvidos bem atentos, e um discreto gingar nos quadris, as irmãs Dalva Rocha e Gecina Dalva Rocha aproveitaram a noite. "Desde cedo Gecina estava querendo vir pra praça, e eu em casa terminando uma faxina", contou Dalva. "Não paramos de comentar o quanto este momento nos fez lembrar dos nossos pais, e dos carnavais passados aqui na cidade. Eles eram foliões e amavam o Carnaval", acrescentou. Gecina disse como elas se divertiam no passado. "Samba lento e marcha lenta era só o que tocava. Hoje, o Carnaval está diferente e outros ritmos apareceram. Mas a OSTP veio nos lembrar que o antigo ainda pode encantar, e isso é maravilhoso", afirmou.

Encerrando a programação, a secretária Úrsula Vidal agradeceu a todos pela receptividade e parceria. "Esta noite vai ficar na nossa memória, e na memória desta cidade musical, que valoriza seu patrimônio e sua história. Obrigada a todos que colaboraram com esta noite, e parabéns a Nanna Reis, à OSTP e ao maestro assistente Pedro Messias. Gratidão ao público pela recepção calorosa", declarou a secretária. "Esta apresentação poderia ter acontecido dentro da Igreja de Pedra, como estávamos programando. Mas cultura e arte estão onde o povo está, e se hoje estamos aqui é graças à sensibilidade e percepção do governador Helder (Helder Barbalho), que sugeriu o concerto aqui na praça, para dar acesso a mais pessoas e ocupar o espaço público, que é de todos nós", frisou Úrsula Vidal.

Programação – A programação Preamar de Carnaval prossegue neste domingo (24), no município de São Caetano de Odivelas, também no nordeste paraense. Além da apresentação especial da Amazônia Jazz Band (AJB), sob a regência do maestro Nelson Neves, com músicas inspiradas no Carnaval, haverá a participação de bois de máscaras e das bandas centenárias "Milícia Odivelense" e "Rodrigues dos Santos", esta completando 138 anos de atividades.

Toda a programação será na orla do Rio Mojuim, na sede municipal, iniciando às 16 h com um cortejo que vai reunir diversas expressões da cultura local, demonstrando a integração positiva entre o erudito e o popular.

Belém receberá o “Preamar de Carnaval” no próximo dia 28 (quinta-feira), na Estação das Docas, em dois momentos: às 18 h, as Crias do Curro Velho animarão as crianças, e toda a família, com um cortejo pela orla. Às 22 h, no Galpão 3, será realizado o Baile dos Artistas, que há 35 anos valoriza a classe artística paraense, e neste ano conta com a parceria da Secult.

No dia 1º de março, às 20 h, o município de Bragança, na região nordeste, receberá em seu Liceu de Música a apresentação da OSTP, sob a regência do maestro Miguel Campos Neto.

Fechando o “Preamar de Carnaval”, de 1º a 5 de março, diversos espaços públicos em Belém - como Mangal das Garças, Parque da Residência, Forte do Presépio, Museu de Arte Sacra e Parque do Utinga - vão receber a Exposição Empreendimentos Criativos, organizada pela Gerência de Economia Criativa e Promoção Cultural da Secult. O evento se propõe a ocupar os espaços públicos de forma criativa, fomentando a produção artística e promovendo a circulação de renda.

Tags

Bragança cultura São Caetano de Odivelas SECULT Vigia

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder