CASA PRÓPRIA

Contemplados do Residencial Quinta dos Paricás assinam contrato dos imóveis

A moradora do Distrito de Icoaraci, Salma Conceição, de 60 anos, não escondia a felicidade de ver o sonho da casa própria se aproximar cada vez mais. A autônoma, juntamente com mais 320 famílias, assinou na manhã desta terça-feira, 26, o contrato das unidades do Residencial Quinta dos Paricás, mais um empreendimento entregue pela Prefeitura de Belém, por meio do programa “Viver Belém - Minha Casa, Minha Vida”, iniciativa da Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria de Habitação (Sehab). A programação foi realizada no ginásio Altino Pimenta, no bairro do Reduto.

Com os olhos marejados de lágrimas, Salma já se imagina livre do aluguel e dentro da sua casa própria. “É um sonho que está se realizando, sempre morei de aluguel. Já vi o apartamento e é a coisa mais linda e tenho na minha cabeça tudo esquematizado para colocar ele do meu jeitinho”, contou.

Empreendimento - O Residencial Quinta dos Paricás, localizado na estrada de Maracacuera, é um dos maiores empreendimentos do programa “Minha Casa, Minha Vida”, com 2.720 apartamentos, distribuídos em 170 prédios, com quatro andares, totalizando 16 apartamentos por bloco. As unidades possuem dois quartos, sala, cozinha e banheiro. Os apartamentos do novo empreendimento são para pessoas com renda de até R$ 1.800,00.

O casal Anderson Guimarães e Jamille Tavares estava ansioso para assinar o contrato, a intenção é aproveitar tudo o que o novo residencial vai oferecer. Serão duas creches, duas escolas de ensino infantil, um posto de saúde, 11 centros sociais, estacionamento rotativo, quadra poliesportiva, área de lazer e um reservatório para o abastecimento  água. “Vamos morar eu, meus dois filhos e minha esposa. Vi que tem creche e escola, tudo preparado para nos atender. Esperamos ser muito felizes nessa nova moradia“, comemorou o casal.

Antes das assinaturas dos contratos, o titular da Sehab, Maikenn Souza, repassou algumas orientações às famílias contempladas. “Não é permitido fazer mudanças estruturais nos apartamentos, alugar, emprestar, ceder ou alugar o imóvel”, aconselhou.

Para a implantação do programa "Viver Belém - Minha Casa, Minha Vida", que é financiado pela Caixa Econômica Federal, a Prefeitura de Belém abriu mão da cobrança de impostos municipais como ISS, IPTU e TLPL. O secretário da Sehab destacou o trabalho da gestão municipal na área da habitação. “Belém vem se destacando e realizando a política de habitação no município. É um trabalho minucioso da equipe social da Sehab e da Caixa Econômica. Existe toda uma seleção, de acordo com o critério econômico de cada família”, enfatizou.

O próximo passo, após as assinaturas dos contratos, será a entrega das chaves, que depende de uma posição do Governo Federal. O auxiliar de pedreiro, Deocrécio dos Santos, não vê a hora de se mudar com os dois filhos para o novo apartamento. “É um sonho sendo realizado, ter uma casa própria para eu residir com meus dois filhos. Agradeço muito essa oportunidade”, declarou.

Entregas - Já foram entregues três empreendimentos, o “Viver Primavera”, no bairro do Tapanã; o Viver Independência, no Coqueiro; e o “Viver Maracá”, em Icoaraci. Por ser um empreendimento com mais de 2.500 unidades, os contemplados serão chamados por etapas para a assinatura de cada contrato.

Quem precisar de orientações e tiver dúvidas sobre a entrega dos imóveis deve se dirigir à sede da Sehab, que fica localizada na avenida Pedro Miranda, 2494, na equina da travessa Alferes Costa, no bairro da Pedreira.

Tags

sehab viverbelém

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder