Meio Ambiente

Técnicos estaduais concluem curso de segurança de barragens

Técnicos da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) participaram da última aula do curso de segurança de barragens, em Barcarena, Região Metropolitana de Belém, nesta sexta-feira (8). As informações práticas, que tratam dos desafios a serem enfrentados no monitoramento e fiscalização das mineradoras, foram repassadas na Hydro Alunorte.

O curso, que teve início com aulas teóricas e finaliza com exercício da atividade em campo, é resultado de convênio firmado entre a Semas e a Fundação Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp), da Universidade Federal do Pará (UFPA).

Depois de uma apresentação inicial do projeto nas instalações da empresa Hydro Alunorte, os participantes foram em campo verificar as condições do depósito de rejeitos minerais DRS1 e também DRS2, e as condições da estabilidade das estruturas, instrumentação e outros aspectos.

O engenheiro ambiental, Márcio Newber, da Gerência de Projetos Industriais, acredita que o curso vai contribuir na melhoraria do serviço que a Semas oferece à população. “As informações ajudam a gente a ficar mais capacitado nessa área, com avaliações tanto teóricas quanto em campo, para testar o que a empresa entrega para a gente por meio de estudos e projetos”, analisou.

O curso – A primeira fase do curso foi teórica e teve início no dia 22 de janeiro – antes do rompimento da barragem no município de Brumadinho, no estado de Minas Gerais, em 25 de janeiro –, com encerramento no dia 1º de fevereiro. Nessa fase, foram repassados os tipos, classificação, análise de estabilidade, critérios da engenharia geotécnica para a construção de barragens, verificação de vazão, filtros e drenos; e medidas de contenção desse tipo de barreira, entre outros conhecimentos.

Profissionais da Semas também participaram, em Brasília, do curso em Segurança de Barragens promovido pela Escola Nacional da Administração Pública (Enap), de 18 a 22 de fevereiro.

A coordenadora de Licenciamento Ambiental de Projetos Minerários da Semas, Shirley Prata, explicou que o curso foi planejado de acordo com as demandas dos processos de licenças de barragens. A partir disso, verificou-se a necessidade de capacitação permanente.

“O curso é de suma importância. As empresas que prestam serviço para as mineradoras se atualizam e a gente deve se atualizar também em termos dos tipos de análise que podemos pedir, para conseguir esclarecimento sobre o controle de segurança de barragem, e sobre o que a gente pode utilizar. O curso, com certeza, foi muito importante para cada um dos técnicos que participaram”, garante.

Tags

SEMAS

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder