Theatro da Paz

OSTP e pianista Fernando Calixto apresentam obras de Beethoven e Chopin

Neste domingo (10), às 19 h, a Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) apresentará a primeira das nove sinfonias de Beethoven, com regência do maestro titular Miguel Campos Neto. O evento terá ainda a participação especial do pianista Fernando Calixto, como solista do “Concerto para piano n. 2”, do compositor polonês-francês Frederic Chopin. A realização é do Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult), em parceria com a Academia Paraense de Música (APM) e apoio da Fundação Amazônica de Música (FAM). A entrada é gratuita.

A Orquestra, que abriu a temporada 2019 no interior do Estado, volta ao palco do Theatro da Paz para receber o pianista mineiro em sua primeira apresentação em Belém. O músico é doutor com excelência em Piano Performance, pelo Conservatório Estatal N. A. Rimsky Korsako, de São Petersburgo (Rússia), uma das mais tradicionais instituições de ensino do planeta, e o primeiro conservatório aberto na Rússia. Fernando Calixto mantém atividade como solista e camerista, apresentando-se por países da América do Sul e Europa, como Brasil, Equador, Chile, Rússia, Itália e Hungria.

Sobre o “Concerto para piano n. 2”, Fernando conta que é a primeira vez que vai executá-lo com orquestra. “É uma obra que sempre tocou meu coração. Lembro-me de escutá-la ainda garoto diversas vezes, quando ganhei de meu pai uma fita VHS com algumas peças de Chopin, dentre elas o Concerto número 2. Então, é uma alegria muito grande estreá-la em um teatro tão bonito, e com a OSTP, uma orquestra que vem ganhando tantos prêmios. E também por ser de Chopin, compositor a quem muitas vezes dediquei recitais solo inteiros à sua obra", acrescenta.

Obra atemporal - Fernando Calixto destaca também que a principal tarefa nas obras de Chopin, não somente neste concerto, é extrair do piano uma sonoridade rica de grande projeção, mas dentro do caráter romântico do século XIX. "A importância, especificamente neste concerto, é de que o solista escute a orquestra, para que possa com ela dialogar. Além disso, ela é atemporal. Sua beleza e poesia têm caminho direto até os ouvidos e o coração do público", afirma.

Já a primeira sinfonia de Beethoven é o reflexo da sua formação orquestral, com influência direta de Wolfgang Amadeus Mozart e Franz Joseph Haydn. É uma orquestra com oito madeiras (duas flautas, dois oboés, dois clarinetes e dois fagotes), quatro metais (duas trompas e dois trompetes), tímpanos e uma pequena seção de cordas com primeiros, segundos violinos, violas, violoncelos e contrabaixos. Foi composta em Viena (Áustria), entre os anos 1799 e 1800.

Programa

Ludwig van Beethoven (1770-1827)

Sinfonia n. 1, em Dó Maior, Op. 21

Frederic Chopin (1810-1849)

Concerto para piano n. 2, em Fá Bemol, Op. 21

Solista: Fernando Calixto

Serviço: A Orquestra Sinfônica do Theatro da Paz (OSTP) apresenta obras de Beethoven e Chopin no Theatro da Paz, neste domingo (10), às 19 h. A entrada é franca, e os ingressos estão disponíveis desde sábado (09), na bilheteria do Theatro da Paz e no site www.ticketfacil.com.br. A retirada é limitada a dois ingressos por pessoa, com taxa de conveniência do site a R$ 2,00 por ingresso.

Tags

cultura Música SECULT theatro da paz

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder