Campanha

Alepa marca presença no lançamento da Campanha Março Lilás da Sespa

O presidente da Casa Legislativa, deputado Dr. Daniel Santos, participou na tarde desta segunda feira (11/03), no Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Pará (Igeprev), do lançamento da Campanha “Março Lilás Por Todo o Pará- Prevenção e Controle do Câncer do Colo do Útero”, que tem o objetivo de realizar ações e mobilizar sobre a importância da prevenção e do diagnóstico do câncer do colo do útero. O deputado Toni Cunha esteve presente.

“Como médico, especializado em ginecologia e obstetrícia, sei o quanto é importante este tema. Este câncer é de fácil prevenção e diagnóstico, a população necessita de mais informação em relação ao assunto. O Estado pode ter a certeza que a Alepa vai estar junto com o executivo para que, juntos, possam ser presentes em todo o Estado. A Alepa vai exercer o seu papel nas aprovações das proposições em todas ás áreas”, avaliou o chefe do Legislativo, deputado Dr. Daniel Santos.

Ainda de acordo com Dr. Daniel Santos, a partir do momento em que uma mulher é diagnosticada com essa doença, a família e o esposo, se tiver, precisam prestar todo o apoio.  “ Uma das coisas que nós, enquanto médicos, percebemos, e não somente os profissionais da saúde sabem, é que a união da família, o apoio do companheiro, é essencial para a cura da mulher. O incentivo também para a realização do exame é muito significativo, infelizmente encontramos mulheres que têm um certo receio de fazer o exame”, concluiu o parlamentar.

O Secretário de Saúde Pública do Estado do Pará (Sespa), Alberto Beltrame, ressaltou o aspecto preventivo da campanha que vai atingir todos os gêneros. “O Pará tem um alto índice desta doença, se compararmos com outros Estados. O Março Lilás visa fazer ações que estimulem a prevenção e a Assembleia Legislativa é extremamente considerável neste processo. Temos homens e mulheres de todas as regiões do Estado que irão colaborar com a campanha”, destacou.

A Campanha- O Março Lilás é marcado por ações como: A busca ativa de mulheres de 25 a 65 anos de idade para a realização de exame preventivo do câncer do colo do útero (PCCU), estímulo à vacinação contra o HPV e a realização de mutirões de procedimentos, diagnósticos e tratamento de lesões causadas pelo câncer do colo do útero.

Em 2019, o estado tem a meta de realizar cerca de 250 mil exames preventivos do câncer do colo do útero.  A campanha visa o incentivo às Secretárias Municipais de Saúde, para que façam a busca das mulheres que ainda não realizaram o exame.

Durante a apresentação da campanha, foram realizadas palestras sobre a prevenção do câncer de colo uterino. 

Tags

mulheres

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder