Recuperação

Alunos do IEEP restauram mais de 110 obras de biblioteca

Dois estudantes do curso de Biblioteconomia do Instituto de Educação do Estado do Pará (IEEP), Camilo Monteiro e Suzany Gonçalvez, recuperaram mais de 110 livros da biblioteca Engenheiro Agrônomo Milton Albuquerque, da Embrapa. O trabalho durou 90 dias (tempo de estágio dos estudantes) e encerra neste mês

Dois estudantes do curso de Biblioteconomia do Instituto de Educação do Estado do Pará (IEEP), Camilo Monteiro e Suzany Gonçalvez, recuperaram mais de 110 livros da biblioteca Engenheiro Agrônomo Milton Albuquerque, da Embrapa. O trabalho durou 90 dias (tempo de estágio dos estudantes) e encerra neste mês.

A biblioteca é uma das mais conhecidas e procuradas na Região Metropolitana de Belém (RMB). O acervo físico conta, atualmente, com 236.293 itens, divididos em acervo geral (35.598 publicações entre livros, proceedings, manuais, relatórios técnicos, folheto, separata, teses, mapas), periódicos (contendo 2.985 títulos de periódicos e 187.449 fascículos), referência (1.210 publicações entre bibliografia, catálogo, dicionários, entre outros), multimeios (com 926 itens entre CD, DVD, slides). Contudo, a demanda de empréstimo de livros é muito grande, fazendo com que o acervo fique danificado. A partir daí que entra o trabalho dos estudantes, que foram treinados no Centro Cultural Tancredo Neves (Centur) e dominam a técnica utilizada para a recuperação dos livros. Na Unidade, eles desenvolvem o trabalho de reencadernação, utilizando materiais como: linha de costura, cola branca, papel kraft, papel paraná, papel carmin e vulcapel.

Suzany explica que muitas das publicações restauradas já estavam fora de circulação há anos. A estudante também falou do tempo que passou trabalhando na biblioteca. "Eu adquiri muita experiência e conhecimento. Foi enriquecedor", pontuou. Para Camilo, a parceria entre eles foi fundamental no processo. "Tinha situações que eu não me recordava e ela sim. Foi uma troca de conhecimento", acrescentou.

A bibliotecária e supervisora do setor de gestão da informação, Luiza de Marillac, destacou que a turma formada pelo estudantes foi a primeira a trabalhar com a recuperação de livros. "Aproveitamos o conhecimento deles e fizemos um teste que deu super certo. Espero que os próximos tenham o mesmo interesse pela recuperação de obras", completou.

Natália Silva, professora de biblioteconomia do IEEP, fala que os estudantes estão aplicando as técnicas que aprenderam no Centur, e a teoria que aprenderam no IEEP. "A iniciativa de restauração partiu deles, todos os créditos desse trabalho são da Suzany e do Camilo".

A Biblioteca Eng. Agrônomo Milton de Albuquerque da Embrapa Amazônia Oriental, foi fundada em 1942, como suporte às atividades de pesquisa do Instituto Agronômico do Norte (IAN), transformado, em 1962, no Instituto de Pesquisa Agropecuária do Norte (IPEAN), foi criada e mantida para apoiar as atividades de pesquisa científica e tecnológica caracterizando-se como biblioteca especializada.

Tags

SEDUC

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.