Ação

Governo recebe demanda de comunidade da Guanabara

De acordo com o diretor-geral do NGTM, engenheiro Eduardo Ribeiro, será feito um estudo para inserir as vias da comunidade no projeto das obras de prolongamento da João Paulo II.

Há pelo menos 10 anos, cerca de 2 mil famílias da comunidade do Vareta, localizada no bairro da Guanabara, em Ananindeua, sofrem com a falta de saneamento básico e de pavimentação nas ruas que dão acesso à Avenida João Paulo II e a Rodovia BR-316. O governador do Estado, Helder Barbalho, recebeu as demandas um grupo de lideranças comunitárias do bairro no Palácio do Governo, em Belém, na semana passada e, nesta sexta-feira (15), diretores técnicos do Núcleo de Gerenciamento de Transporte Metropolitano (NGTM), estiveram na comunidade realizando o levantamento das prioridades daquela população.

De acordo com o diretor-geral do NGTM, engenheiro Eduardo Ribeiro, será feito um estudo para inserir as vias da comunidade no projeto das obras de prolongamento da João Paulo II, com o objetivo de oferecer melhorias ao sistema viário do bairro. “Trata-se de obras complementares que incluem saneamento, pavimentação e área de lazer, que serão discutidas com outros órgãos estaduais. A visita foi decorrente à reunião dos moradores com o governador e o deputado Dr Daniel”, afirmou.

O motorista Jonatha Gama, 35, morador há 12 anos na comunidade do Vareta, diz que a sensibilidade do atual Governo traz esperança às famílias que anseiam por mudanças. “Pelo fato de a comunidade estar localizada no limite entre Belém e Ananindeua, as prefeituras nunca se responsabilizaram. E, ao longo do tempo, os problemas foram se agravando. Mas, desde o momento que essas demandas foram levadas ao governador até a presença do NGTM, a avaliação é excelente. Aguardaremos pelos próximos passos”, comentou.

Tags

NGTM

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.