'Xeque-Mate'

Polícia Civil prende sete envolvidos em tráfico de drogas em Nova Esperança do Piriá

Uma operação para prender integrantes de uma organização criminosa envolvida em tráfico de drogas, no município de Nova Esperança do Piriá, no nordeste paraense, foi deflagrada pela Polícia Civil nesta sexta-feira (15). Denominada Xeque-Mate, a ação resultou em sete prisões, seis delas em cumprimento a mandados judiciais de prisão preventiva. Além das ordens de prisão, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, e apreendidos arma de fogo e celulares.

A operação começou no início da manhã, quando equipes da 6ª Região Integrada de Segurança Pública (Região do Caeté) e do Núcleo de Apoio à Investigação (NAI) de Capanema (município da região), com apoio de equipes da Superintendência Regional, efetuaram as buscas na sede municipal. "A ação foi voltada ao combate ao tráfico de entorpecentes e à desarticulação de organizações criminosas, com investigações realizadas pela equipe de Nova Esperança do Piriá", informou o delegado Temmer Khayat, titular da Superintendência Regional de Polícia Civil. 

Ele disse que a operação foi resultado de investigações realizadas após o confronto entre policiais civis e militares e criminosos, em 25 de janeiro deste ano, no Bairro Franklândia, em Nova Esperança do Piriá. "Foram identificados os principais participantes da organização criminosa, e assim foram representadas por medidas cautelares de busca e apreensão e prisões preventivas", acrescentou o delegado.

Ainda segundo o delegado, foram cumpridos mandados de prisão preventiva e sete mandados de busca e apreensão domiciliares, que resultaram nas prisões de Genilson Monteiro Nunes, Genilton Monteiro Nunes, Rogério Martins Soares, Antônio Carlos Soares dos Santos, André Silva dos Santos e Antônio Edivaldo Pinheiro de Souza. 

Foi preso em flagrante Dinelson de Oliveira da Silva pelo crime de posse irregular de arma de fogo. Na residência do acusado os policiais encontraram uma arma de fogo artesanal. Estão foragidos Evanildo Monteiro Nunes, apelidado de “Tio Nego”; Jorge Raimundo Costa de Carvalho Junior, conhecido como “Salinas ou Jorginho”; Mailson Gonçalves de Jesus; Moisés Ribeiro da Silva; Benedito Ribamar da Silva Barroso e Junior Santo, de apelido “Val”.

Tags

criminalidade Nova Esperança do Piriá polícia civil

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder