APÓS TRÊS ANOS

Semana Santa: feira do Pescado volta a movimentar o distrito de Outeiro

Buscando oferecer pescados de qualidade e com preços acessíveis, a Prefeitura de Belém, por meio da Administração Regional do Outeiro (Arout) e em parceria com a empresa Outeiro Pescados, iniciou na manhã desta quinta-feira, 18, a Feira do Pescado. O evento reuniu centenas de consumidores no estacionamento da praia do Amor, no bairro Água Boa. A iniciativa faz parte das ações alusivas à Semana Santa e segue até a próxima sexta, 19, das 8h às 12h.

Segundo Nildo Matos, diretor geral da Arout, a feira tem o objetivo de ofertar à população peixes de qualidade, valorizar a produção local e, ainda, incentivar o consumo de peixes. “Após três anos, a Feira do Pescado retorna à ilha de Caratateua. Nosso intuito é garantir a economia do morador, que por falta de opções acaba saindo da ilha, pagando passagem em coletivo, e comprando os produtos no centro de Belém. Ou seja, com a feira o morador pode utilizar o valor da passagem de maneira inteligente, comprando peixe de qualidade e com bom preço”, destacou Matos.

Aproveitando a variedade de peixe, a dona de casa Vera Almeida, 35 anos, garantiu o filé de dourada para o almoço de Páscoa. “Achei ótima a iniciativa e para mim ficou muito acessível, já que minha casa fica logo ali. Faz alguns anos que não tínhamos esses serviços na Semana Santa e agora temos novamente”, disse.

Inaldo Gonçalves, 40 anos, gostou dos preços e também aproveitou para escolher o pescado. “Eu nem me programei para comprar peixe hoje, mas encontrei um amigo e vim fazer companhia. O interessante é que nesta feira podemos comprar peixe bom e barato”, comentou.

Acostumado a fazer as compras da Semana Santa na feira do Ver-o-Peso, a aposentada Maria de Aparecida, 60 anos, também aproveitou a oportunidade. “Para fazer as compras eu sempre acordo cedo e vou no Ver-o-Peso, pois lá tem tudo, mas esse ano será diferente, estou aproveitando aqui no quintal de casa”, brincou a aposentada que mora bem próximo da feira montada.

Animado, Francisco Bastos, 54 anos, agradece a oportunidade de poder contribuir com Semana Santa dos moradores da ilha. “Somos uma empresa que se preocupa em levar produtos de qualidade para a mesa do povo de Outeiro, Belém e várias regiões do Estado”, contou o empresário.

A indústria Outeiro Pescado, parceira da iniciativa, tem sede na ilha de Caratateua desde 2014, onde tem gerado empregos e movimentado a economia local. Atualmente, a empresa conta com mais de 50 colaboradores.

Confira alguns produtos que estão à venda:

- Filés de peixe congelado, o quilo:

Dourada pequena - R$ 13.

Dourada grande - R$ 18.

Pescada amarela média - R$ 24.

Pescada gó média - R$ 11.

 

- Camarão, 500 gramas:

Camarão rosa com casca grande - R$ 28.

Camarão rosa sem casca grande - R$ 30,00

 

- Peixe inteiro congelado, o quilo:

Piramutaba - R$ 6,50 (a opção limpa e cortada em postas sai a R$ 9,50).

Corvina - R$ 10.

Charuto de pescada gó - R$ 8.

Tags

arout

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder