GRAVIDEZ

Gestantes atendidas pelas Unidades de Saúde visitam maternidades vinculadas

A gravidez é uma condição que envolve, além da expectativa pela chegada do bebê, uma série de modificações no corpo da mulher, acompanhada de sentimentos como felicidade, alegria, afeto, mas também, insegurança, dúvidas e ansiedade. Esses sentimentos conflitantes aparecem, muitas das vezes, devido às incertezas sobre o local do parto, a equipe médica ou a acolhida após o nascimento do bebê.

Para lidar melhor com essa fase de grandes transformações para a mãe, o bebê, o parceiro e a família, a Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Sesma), deu início às ações do Plano de Vinculação das Gestantes, com a primeira visita de gestantes da Unidade Municipal de Saúde (UMS) do Jurunas, vinculadas ao Hospital da Ordem Terceira.

Na ocasião, foram visitadas áreas como enfermaria, sala de parto e Unidade de Terapia Intensiva (UTI) neonatal, acompanhada de um bate-papo entre as grávidas, a equipe técnica do hospital e representantes da Sesma.

“Por meio desse Plano asseguramos às gestantes o acesso, o acolhimento e a resolução de situações relacionadas ao parto e puerpério, além de evitar o deslocamento da gestante em busca de atendimento e vagas nas maternidades aleatoriamente”, explicou a coordenadora da Referência Técnica Saúde da Mulher, Camila Miranda.

“Foi uma boa experiência, principalmente para mim, que sou mãe de ‘primeira viagem’. Minha irmã engravidou e não teve essa oportunidade, então fico feliz em saber que tenho esse suporte”, destacou a gestante Katiane Macedo, de 35 anos, à espera do Heitor, que chega daqui a um mês.

De acordo com o secretário municipal de Saúde, Sérgio de Amorim, por meio da vinculação, as gestantes têm a oportunidade de conhecerem a maternidade onde serão atendidas durante o parto. “Além de receberem todo o apoio sobre possíveis intercorrências durante a gravidez, essa aproximação fortalece o vínculo entre a gestante e a maternidade e entre o profissional que atua nas unidades de saúde e o profissional da maternidade”, ressaltou o secretário.

Confiança - À espera do segundo filho, os pais Enivaldo Borges, de 20 anos, e Roberta Carvalho, de 19, sentiram-se mais confiantes em conhecer as instalações do hospital da Ordem Terceira. “Não conhecia o local e gostei bastante da iniciativa. Morávamos em Cametá e agora temos essa chance de ter esse acompanhamento”, disse o pai, na expectativa pela chegada do bebê, atualmente, com seis meses de gestação.

Para a gerente da UMS Jurunas, Márcia André, a ação oferece mais segurança às grávidas e, consequentemente, maior adesão ao pré-natal. “Elas já são acompanhadas por equipes multiprofissionais da unidade, porém, no momento de vincular para uma maternidade isso não existia. Agora, a ansiedade será menor, pois elas terão uma equipe à disposição para o momento do parto e puerpério. Esse trabalho também minimiza os anseios existentes pelas gestantes em relação ao ambiente hospitalar”, afirmou a gerente.

A visita contou ainda com a presença do diretor-presidente do hospital, Hernan Fernandez; do diretor financeiro, Atahualpa Fernandez Filho; e equipe técnica. A próxima etapa do Plano será a visitação das gestantes da UMS Providência, vinculadas para o Hospital da Beneficência Portuguesa.

Agência Belém - Você ficou com alguma dúvida ou tem sugestões para enviar à Agência Belém? Entre em contato conosco pelo nosso canal de divulgação das principais ações do município pelo número (91) 98027-0629. Aguardamos sua mensagem.

Tags

sesma

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder