CAMINHADA

Prefeitura promove evento pelos direitos de crianças e adolescentes, em Mosqueiro

A Prefeitura de Belém, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semec), realizou, na manhã desta sexta-feira, 10, no distrito de Mosqueiro, a caminhada de abertura da 12ª edição do Projeto Direito de Ser Criança e Adolescente. A programação contou com a participação das 16 escolas municipais do distrito.

O evento antecede o Dia Nacional do Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, no próximo dia 18 de maio. A caminhada reuniu alunos, professores e pais, que percorreram as principais ruas da ilha. Segurando faixas com mensagens, os participantes distribuíram aos moradores uma carta pela paz.

Para a secretária de educação, Socorro Aquino, o projeto direciona mais uma vez os olhares às crianças e adolescentes. “Muitas vezes é na escola que a criança se sente a vontade para falar. Estamos sempre orientando os professores a identificarem as mudanças de comportamento da criança. E quando fazemos esta caminhada queremos também sensibilizar a sociedade”, explica Socorro Aquino.

Fazendo alusão a realidade amazônica, o evento trouxe o slogan “Rios de Paz: Navegando pelos direitos das crianças e adolescentes”. Para falar de um tema complexo com crianças, a coordenadora da Unidade de Educação Infantil, Eliane Paixão, conta que “por meio das brincadeiras de faz de conta é possível mostrar o certo e o errado para os alunos, além de também ajudar o professor a perceber quando algo está incomodando às crianças”.

O mensageiro das Cartas da Paz deste ano foi o pequeno Adriel Lagoia Siqueira, de 5 anos, estudante do Jardim II da Unidade de Educação Infantil Rotary. A mãe de Adriel, Silvia Lagoia falou orgulhosa da participação do filho no evento. “A gente sempre procura incentivar o respeito, a paz, a educação e este evento é muito importante para as famílias”, comenta Sílvia.

Além das escolas municipais, o evento contou com a participação de escolas estaduais. A estudante Larissa Pinheiro, da escola Padre Eduardo, achou importante debater o tema,. “Muitas crianças não tem consciência do abuso que sofrem. E a caminhada de hoje quer mostrar que devemos ficar atentos e contar para os mais próximos quando ocorre algo de errado”, conclui a estudante.

O evento teve o apoio da Policia Militar, Secretaria Municipal de Saúde (Sesma) e Fundação Papa João XXII (Funpapa).  As ações do projeto prosseguem até o dia 17 de maio, com a manifestação cultural na Praça da Bandeira, em Belém.

Agência Belém - Você ficou com alguma dúvida ou tem sugestões para enviar à Agência Belém? Entre em contato conosco pelo nosso canal de divulgação das principais ações do município pelo número (91) 98027-0629. Aguardamos sua mensagem.

Tags

semec

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.