URBANISMO

Projetos para a cidade de Belém são apresentados ao Conselho de Desenvolvimento Urbano

Danilo Soares, presidente da Codem, apresentou o projeto para o Mercado de São Brás e também o Belém das Águas

Na tarde da última terça-feira, 14, os membros do Conselho de Desenvolvimento Urbano (CDU) se reuniram no palácio Antônio Lemos para deliberar sobre dois projetos relacionados ao desenvolvimento da cidade: o de restauração do Mercado de São Brás e o “Belém das Águas”, de ampliação da orla da cidade.

O projeto de restauração do Mercado de São Brás foi apresentado durante a reunião pelo arquiteto Aurélio Meira, responsável pelo projeto. A restauração do Mercado de São Brás faz parte do projeto Desenvolve Belém, que visa, a partir de uma parceria com a iniciativa privada, reformar esse espaço público para o desenvolvimento econômico, fornecendo espaço para a gastronomia e eventos culturais.

O escritório M2P Arquitetura e Engenharia foi escolhido a partir de um chamamento público, realizado pela Companhia de Desenvolvimento e Administração da Área Metropolitana de Belém (Codem), em 2018. As propostas enviadas a partir do edital, chamado de Propostas de Manifestação de Interesse (PMI), foram analisadas por um Comitê Municipal de Deliberação e Acompanhamento (CMDA). Após esse processo, o projeto arquitetônico de Aurélio Meira foi selecionado.

A secretária municipal de urbanismo, Annete Klautau, destacou a importância da apresentação do projeto para o Conselho. “O projeto fez o resgate do que realmente é o Mercado de São Brás na sua história, elevando o patrimônio, com essa reforma, ao valor que ele tem desde o seu início”, afirmou.

“Foi um projeto muito bem aceito, com ponderações dos conselheiros. Tudo foi pensado integrando os aspectos social e econômico, mantendo os mesmos permissionários, valorizando a atividade deles no mercado e visando receber mais público”, acrescentou a secretária.

O projeto também envolve a mobilidade, levando em consideração o quanto a cidade cresceu em torno do espaço, com vias importantes no entorno. “Tudo isso para valorizar e dar nova vida ao Mercado de São Brás, que é do povo”, acrescentou Annete.  

Belém das Águas – O projeto “Belém das Águas”, proposto pela Codem, visa à ampliação da orla da cidade, promovendo a incorporação cada vez maior dos rios na vida diária da população.

“O objetivo do projeto é ampliar e democratizar o acesso à orla de Belém, proporcionando a integração da população com as águas que rodeiam nossa cidade e fazem parte da nossa paisagem diária, com pontos específicos para lazer, comércio e transporte”, explicou Danilo Soares, presidente da Codem e conselheiro do CDU, que apresentou o projeto.

Os dois projetos apresentados na reunião ainda estão em fase de deliberação, uma etapa importante do trabalho.

Alunos do curso de Especialização em Gestão de Cidades e Sustentabilidade da Universidade Federal do Pará (UFPA) participaram da reunião do CDU, e puderam acompanhar as apresentações e tirar dúvidas quanto aos temas.

Conselho - O CDU é formado por representantes do poder público, dos poderes executivo e legislativo, e da sociedade civil. Dentre as atribuições do CDU estão a fiscalização do cumprimento das diretrizes da Política Municipal de Desenvolvimento Urbano e a gestão do Fundo Municipal de Desenvolvimento Urbano.

Os atuais membros são responsáveis por acompanhar os resultados da evolução urbana de Belém e deliberar sobre o processo de elaboração, revisão e regulamentação do Plano Diretor do Município de Belém e outras regulamentações urbanísticas.

Agência Belém - Você ficou com alguma dúvida ou tem sugestões para enviar à Agência Belém? Entre em contato conosco pelo nosso canal de divulgação das principais ações do município pelo número (91) 98027-0629. Aguardamos sua mensagem.

Tags

codem seurb

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.