Selo de qualidade

“Tijolo Pai D’egua” fortalece o mercado de cerâmica com a padronização e certificação

Cerca de 10 empresas participam do projeto e precisam seguir uma rigorosa lista de cuidados antes do produto estar disponível para o consumidor.

O projeto tijolo pai d’egua está respaldado pelo Inmetro” explica Alberto Rayol, coordenador do projeto.

Projeto “Tijolo Pai D’egua” quer fortalecer o mercado de cerâmica interno com a padronização e a certificação dos produtos.

O Sindicato da Indústria de Olaria Cerâmica para Construção e de Artefatos de Cimento Armado do Estado do Pará, o Sindolpa, é um dos mais de 100 expositores da 14 ª edição da Feira da Indústria do Pará, FIPA 2019, com o principal objetivo de divulgar o trabalho realizado por empresas paraenses na área de olaria cerâmica.

Durante a feira o Sindolpa também realiza a divulgação do projeto “Tijolo Pai D’egua” que de maneira padronizada e com produtos certificados pretende fortalecer o mercado local e garantir a qualidade final do produto.

Hoje cerca de 10 empresas participam do projeto e precisam seguir uma rigorosa lista de cuidados antes do produto estar disponível para o consumidor.

“O tijolo pai d’egua tem um ponto forte. Todas as fábricas que participam do projeto tem por obrigação ensaiar o produto, ou seja, submeter os produtos a testes de qualidade através do laboratório do Senai no município de São Miguel do Guamá, que é o único da região credenciado pelo Inmetro. Então o projeto tijolo pai d’egua está respaldado pelo Inmetro” explica Alberto Rayol, coordenador do projeto.

Cartilhas com informações sobre como são e quais são os produtos com o selo “Tijolo Pai D’egua” serão distribuídas em lojas de materiais de construção e estâncias para o consumidor.

Tags

Fiepa FIPA2019 indústria

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.