Centro de Recuperação

Internos são preparados para Olimpíada Brasileira de Matemática

O Centro de Recuperação do Coqueiro (CRC), no município de Ananindeua (Região Metropolitana de Belém), por meio do setor de educação, realizou a 1° Olimpíada de Matemática da unidade, na manhã desta segunda-feira (20). Com o tema “Descobrindo Novos Talentos”, a ação contou com a participação de 20 internos. O objetivo foi preparar os internos para a 15ª edição da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) 2019, cuja primeira fase será realizada nesta terça-feira (21 de maio), além de fazer com que os presos entendam a importância da matemática na vida cotidiana e escolar.

Segundo Dorotea Lima, diretora do Centro de Recuperação do Coqueiro, a Olimpíada é uma forma de mostrar aos internos que a educação é uma ferramenta de transformação. "Eles perceberam que podem aproveitar o que de melhor o cárcere pode oferecer, e que são capazes de produzir conhecimento através da educação formal”, ressaltou a diretora.

Para Ed Wilson Nascimento, diretor de Reinserção Social da Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe), a educação é de extrema importância para o entendimento do interno. “A educação faz a diferença, uma vez que mexe com o aspecto cognitivo do interno, faz com que ele leia e viva a construção do entendimento, a construção da cidadania, dos direitos e deveres”, afirmou o diretor.

Os 1°, 2° e 3° lugares serão premiados com materiais escolares e portaria de elogios, um reconhecimento da Superintendência. Os outros participantes também receberão kits de higiene pessoal. (Colaboração de Fernanda Cavalcante).

Tags

Educação susipe

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder