Copa do Brasil

Papão escala um gaúcho para surpreender o Inter em Belém

Natural de Alegria (RS) - nome sugestivo para o momento bicolor -, Nicolas voltará a ser titular depois de ter sido poupado na derrota por 2 a 0 para o Boa Esporte.

Nicolas Johann é natural de Alegria (RS)

Via de regra, um jogo em Belém contra times do Sul do Brasil tem o clima amazônico como um dos fatores que podem influenciar a partida. Para o duelo de hoje, às 19h15, entre Paysandu e Internacional, pela decisão das oitavas de final da Copa do Brasil, o aspecto climático pode virar contra os donos da casa.

Enquanto a delegação gaúcha se adapta à umidade e ao 'mormaço' característicos de Belém desde ontem, o Paysandu está mergulhado em um clima de tensão que parece estar longe de ser superado. 

Após a demissão do técnico Léo Condé, o time - que será comandado pelo auxiliar técnico do clube, Leandro Niehues - conta justamente com um gaúcho para poder fazer o milagre da classificação: vencer o Internacional por três gols de diferença ou vencer por dois e ganhar na disputa de pênaltis. Trata-se do meia-atacante Nicolas, destaque do time na temporada.

Natural de Alegria (RS) - nome sugestivo para o momento bicolor -, Nicolas voltará a ser titular depois de ter sido poupado na derrota por 2 a 0 para o Boa Esporte, na Série C. Na última entrevista coletiva antes do jogo, o atleta foi categórico: "Temos condições para isso. É difícil passar pelo Internacional, mas não é impossível. Precisamos jogar como time grande", disse.

Tags

Esporte futebol Paysandu

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.