DIREITOS E DEVERES

Prefeitura promove reunião de planejamento com comerciantes de Outeiro

Maior parte do público que compareceu à reunião foi de permissionários que já atuam no distrito

Representantes da Prefeitura de Belém, por meio da Administração Regional do Outeiro (Arout), promoveram na manhã desta segunda-feira, 10, uma reunião de planejamento com comerciantes de barracas quiosques da ilha de Caratateua, no distrito de Outeiro. O objetivo é reforçar o compromisso da Prefeitura em garantir tratamento isonômico a todos os permissionários que queiram explorar ou já exploram atividade comercial em espaços públicos, seguindo as orientações da Secretaria Municipal de Economia (Secon). O encontro reuniu cerca de 60 pessoas em um restaurante próximo à praia Grande.

“Caratateua é uma das ilhas mais lindas e próximas do centro de Belém. Sabemos que tem um importante potencial econômico local. Pensando nisso, a Prefeitura de Belém, por meio da Arout, está apresentando os direitos e deveres de comerciantes que já exploram, ou queiram desenvolver atividade comercial em espaços públicos” afirmou Yan Miranda, titular da Arout.

Em sua maioria, o público que compareceu à reunião era de permissionários que já atuam no distrito. Aldenora Moraes, 57 anos, há 38 anos trabalham com vendas de alimentos e bebidas. Para a comerciante, o encontro foi produtivo. “Antes não tínhamos momentos como este, que são importantes. Espero que a Prefeitura promova mais reuniões, pois muitas coisas podem melhorar por meio do diálogo aberto”, disse.

Já Ronaldo Pimentel, 50 anos, carrega a responsabilidade de manter em funcionamento o negócio de família. O restaurante foi criado pela avó, passado à mãe e hoje é administrado pelo neto. Já se foram mais de 70 anos de fundação e 30 anos de funcionamento na praia Grande de Outeiro.

“Gostei da reunião e acredito que coisas boas estão por vir. A Prefeitura Belém está de parabéns, mas precisa estar mais presente nas fiscalizações, pois em momentos de alta, período de feriados prolongados e veraneio há inúmeras irregulares. Colegas de outros lugares comercializam sem estarem credenciados e outras coisas, tudo isso prejudica os comerciantes da praia”, contou Ronaldo.

Durante a conversa, técnicos do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) apresentaram o “Comidinha de Praia”, projeto criado para atender o comércio de Outeiro durante mês de julho, período de grande circulação de turista no distrito. “O ‘Comidinha de Praia’ é um projeto do Sebrae que foi pensado especialmente para o comerciante de restaurante de Outeiro. A ideia é construir um prato com ingredientes regionais que, sem dúvida, irá acrescentar de forma positiva na economia local”, disse Carlos Oliveira, do Sebrae.

“Nossa reunião foi muito produtiva, reunimos vários segmentos do comércio que é desenvolvido em torno nas praias, como vendas de alimentos e bebidas em barracas e quiosques e aluguel de boias. Também foram esclarecidas todas as obrigações e deveres, definimos os valores que serão cobrados e definimos o ordenamento de áreas das praias para que o moradores ou visitante possa ter mais espaço para tenha circular”, informou Yan.

Agência Belém - Você ficou com alguma dúvida ou tem sugestões para enviar à Agência Belém? Entre em contato conosco pelo nosso canal de divulgação das principais ações do município pelo número (91) 98027-0629. Aguardamos sua mensagem.

Tags

arout

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.