Só peixe criado!

Tudo sobre criação de tambaqui em curso da Embrapa em Marabá

Será de 12 até 14 deste mês. O treinamento responde a todas as perguntas que é preciso fazer para construir viveiros de uma das mais saborosas espécies de pescado. Pará é o quarto maior produtor do Brasil.

O tambaqui é o peixe amazônico mais criado no Brasil. Foto: Jefferson Christofoletti.

A criação de tambaquis em viveiros é tema de curso que a Embrapa realiza em Marabá, nos dias 12, 13 e 14 de junho. Técnicos e piscicultores vão participar do treinamento que vai abordar legislação ambiental, infraestrutura de tanques, qualidade da água e todos os aspectos do sistema de produção desse peixe, que é a espécie nativa mais produzida em todo o Brasil. 

O curso é voltado para técnicos que já atuam na piscicultura na região de Marabá e para produtores. “A programação traz tecnologias e práticas bem atuais que podem ser aplicadas nas propriedades, tanto para quem trabalha com alevinos, quanto para quem trabalha com engorda e reprodução”, afirma Roselany Corrêa, pesquisadora da Embrapa e uma das coordenadoras do curso.

O estado do Pará é o quarto produtor brasileiro de tambaqui, com 8 mil toneladas em 2017 (IBGE), ficando atrás de Rondônia (30 mil ton/ano), Maranhão (10 mil ton/ano) e Roraima (9 mil ton/ano). É um mercado que movimentou cerca de 60 milhões de reais no estado no ano passado.

A especialista afirma que, além do tambaqui ser o “carro-chefe” na piscicultura na região Norte, a rusticidade dessa espécie favorece a criação em sistemas semi-intensivos e intensivos. “Para o sucesso da criação desse peixe, é fundamental atentar para vários aspectos relacionados ao manejo, sobretudo o alimentar”, ressalta Roselany.

A programação do curso envolve parte teórica e prática. Nos dias 12 e 13, as aulas serão no auditório do campus de Marabá da Universidade Estadual do Pará (Uepa), e no dia 14 haverá uma demonstração de práticas na Fazenda Santa Clara, que fica na BR-155, km 20, Vila Café (zona rural). 

Roselany Corrêa relata que na demonstração serão apresentadas quatro práticas importantes para a criação de tambaquis em viveiros. A avaliação da qualidade da água com kits colorimétricos e sondas digitais; a prática de biometria; despesca; o planejamento da criação; e a marcação de peixes com chipagem para aqueles produtores que trabalham com a reprodução dessa espécie.

O treinamento “Criação de Tambaquis em Viveiros” é gratuito e aberto a produtores e técnicos da região. É uma realização do projeto Peixe Mais, um dos 19 projetos da Embrapa no Fundo Amazônia, financiado pelo BNDES. O projeto conta com a parceria da Secretaria de Agricultura de Marabá, Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa), Instituto Federal Tecnológico do Pará (IFPA campus Marabá), Sebrae Marabá, Coopercau e Biovet. 

(Informações de Ana Laura Lima, da Embrapa)

Tags

Curso Embrapa Tambaqui

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.