Combate ao crime

Papiloscopistas promovem debate sobre videomonitoramento e reconhecimento facial

O evento acontecerá no próximo dia 25 de junho e trará novidades no campo da investigação criminal.

A Associação dos Papiloscopistas Policiais do Estado do Pará (Asppepa), em parceria com a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Educação Profissional e Tecnológica do Pará (Sectet), promove, no próximo dia 25 de junho, no auditório do Espaço Inovação do Parque Tecnológico do Guamá, o Seminário de Segurança Pública, com a Mesa Redonda “Videomonitoramento – A Iconografia como Prova Técnica na Investigação Criminal”.

Parte da Semana de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento organizada pela Sectet, o evento tem como objetivo mostrar a importância dos laudos iconográficos como prova técnica dentro do inquérito policial, bem como dividir informações sobre as novas tecnologias disponíveis no mercado no ramo do videomonitoramento e reconhecimento facial.  Segundo o organizador da Mesa Redonda, papiloscopista José Carlos Silveira, o tema vem ao encontro de uma das maiores preocupações da sociedade, que é o combate à violência com elementos cada vez mais efetivos e eficazes e que tenham no avanço da tecnologia, uma de suas principais ferramentas. “A crescente ascensão do crime requer, da parte de órgãos policiais, maior agilidade na elucidação e para isso, o videomonitoramento é uma das ferramentas de investigação criminal que auxiliam na produção de prova e consequente prisão de culpados”, observa.

Atualmente, a Polícia Civil do Pará conta com as imagens captadas por câmeras do Ciop (Centro Integrado de Operações Policiais) quando necessita ampliar a investigação de determinado delito. “O combate à violência é um dos grandes desafios dos governos no mundo inteiro”, reitera Silveira. Para ele, procurar aliados para essa luta é fundamental por parte dos organismos policiais, além da busca de conhecimento daquilo que é mais moderno e atualizado no mercado. “O evento se propõe a ser um fórum de discussão sob o ponto de vista da integração de ações e informações dos diversos órgãos envolvidos no tema”.

Durante o evento, irão compor a mesa de debates, o promotor de Justiça, Manoel Adílton Peres de Oliveira; o juiz de Direito, Cristiano Magalhães Gomes; o diretor do Ciop, Coronel PM Luiz Carlos Rayol de Oliveira, o diretor do Núcleo de Inteligência Policial,  delegado Samuelson Yoiti Igaki,  o diretor da Divisão de Repressão ao Crime Organizado, delegado Thiago José de Menezes Dias e o papiloscopista Emerson Paiva de Menezes. Além das autoridades, estarão presentes empresas de monitoramento e tecnologia. As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas pelo site. Clique aqui.


SERVIÇO:
EVENTO: Mesa Redonda: “Videomonitoramento – A Iconografia como Prova Técnica na Investigação Criminal”.
DATA: 25/06/2019
LOCAL: Auditório do Espaço Inovação do Parque Tecnológico do Guamá.
HORA: 9h às 12h
Inscrições no local do evento
Contatos: (091) 98808-6264

Tags

Combate ao crime policia civil tecnologia

Comentários

*Os comentários não representam a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem.


  • in this conversation
      Media preview placeholder